Nordeste Rural | Homepage


Um tipo de capim especial e próprio para os solos brasileiros

🕔28.abr 2022

É o BRS Integra, a única cultivar da espécie forrageira Urochloa ruziziensis (sin. Brachiaria ruziziensis ) desenvolvida para as condições de clima e solo brasileiras. Ela foi desenvolvida pelos pesquisadores do programa de melhoramento genético da Embrapa, que visa fornecer aos agricultores uma cultivar forrageira cujo principal uso será para a produção de cobertura morta em sistemas integrados lavoura-pecuária-floresta (ICLFS). A UNIPASTO (Associação para a Promoção da Pesquisa em Melhoramento de Forrageiras) é a principal parceira no lançamento desta nova cultivar forrageira.

A cultivar é recomendada para o bioma Mata Atlântica nas seguintes regiões/estados brasileiros: Nordeste (Alagoas, Bahia, Paraíba, Pernambuco e Sergipe); Sudeste (Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo); Sul (Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina); e é recomendado para uso em sistemas integrados (ICLFS) com o objetivo de produzir restolho. Adapta-se a solos de média a alta fertilidade, podendo ser cultivada desde o nível do mar até 1.800 metros de altitude.

Em comparação com a cultivar tradicional atualmente disponível no mercado, oferece maior produção de massa seca forrageira e de folhas no outono/inverno. Ou seja, produz mais forragem no período de entressafra (estação seca), justamente quando a planta forrageira não é consorciada com outra da área. Essa maior produção na estação seca a torna mais adequada para sistemas integrados de lavoura, pecuária e silvicultura, e pode contribuir para o aumento da produtividade nesses sistemas.

 

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE