Nordeste Rural | Homepage

O uso do sorgo como reserva estratégica para alimento do rebanho durante a seca

🕔30.nov 2020

O sorgo é uma cultura que pode ser plantada em toda a região Nordeste. Por sua alta resistência ao período seco, representa uma boa opção de reserva estratégica de alimento para os animais. Também pode ser cultivado e colhido no período chuvoso para a formação de forragem.

Para os pesquisadores Alexandre Barros, da Embrapa Solos – Unidade de Execução e Pesquisa em Recife (UEP Recife), e José Nildo Tabosa, do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), o período de plantio do sorgo, no Nordeste, geralmente é o chuvoso. No entanto, é importante que o produtor rural leve em conta o Zoneamento Agrícola para o plantio. “Cada região tem o seu Zoneamento Agrícola divulgado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Por isso, o agricultor deve verificar qual o melhor período para o plantio do sorgo na sua região. No Nordeste, a melhor época é o início das chuvas”.

O pesquisador José Nildo Tabosa explica que no Semiárido, por exemplo, o sorgo é uma das plantas, assim como a palma forrageira, para o cultivo durante o período de estiagem. “O sorgo é uma planta rústica que, comparativamente ao milho e outras forrageiras, por sua origem africana de tolerar altas temperaturas, é recomendado para o Semiárido”. Para o pesquisador do IPA, na agricultura familiar, o sorgo forrageiro, na forma de feno e silagem, é altamente recomendado para alimentar os animais em substituição ao grão em condições ambientais desfavoráveis.

A Embrapa Solos UEP Recife desenvolveu uma pesquisa que auxilia o agricultor a plantar o sorgo na época correta. Trata-se de uma tecnologia elaborada em três etapas: a primeira se refere à avaliação pedológica, onde se observa as condições do solo; a segunda corresponde a avaliação de aptidão climática para a cultura do sorgo (se chove muito ou pouco na região,  se o clima é quente ou frio para a cultura, se a noite esfria muito etc…); e a terceira é o resultado do cruzamento entre as informações pedológicas e climáticas, dando como resultado o potencial pedoclimático para a cultura do sorgo. Essa forma, o agricultor pode utilizar as informações para plantar o sorgo no momento e lugar apropriados, considerando as limitações e as potencialidades do solo e clima.

Para conhecer as variedades de sorgo mais indicadas para cada região, acesse o site do Ministério da Agricultura -www.agricultura.gov.br – e procure as portarias de Zoenamento Agrícola segmentadas por estado, dentro do campo de Política Agrícola.

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE