Nordeste Rural | Homepage


Novembro é mês da segunda dose da vacinação contra a febre aftosa

🕔05.nov 2014

Vacina-Aftosa

Os produtores pernambucanos já podem procurar as doses da vacina contra a febre aftosa para iniciar a imunização, na segunda etapa da campanha que começou no dia 1 e vai até o dia 30 de novembro. Deverão ser vacinados todo o rebanho bovino e bubalino, no estado. Pernambuco hoje detém o status de área livre de febre aftosa com vacinação e por isso mesmo é importante a participação de todos os produtores para manter a qualificação, promovendo a imunização de todo o rebanho. A Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado – Adagro – prevê imunizar mais de 90% do rebanho pernambucano, que hoje é de cerca de dois milhões de animais.

O produtor deverá adquirir a vacina nas casas agropecuárias e declarar a vacinação nos escritórios da Adagro. A vacina deve ser conservada em gelo e para evitar o estresse dos animais, deverá ser aplicada nas horas mais frias do dia, pela manhã ou no fim da tarde, animais recém nascidos também devem ser imunizados. “ o criador que não vacina fica impedido de tirar a GTA e não pode se cadastrar em programas do Governo, além de pagar multa de no mínimo R$ 60,00” declarou a gerente geral da Adagro, Erivânia Camelo.

Essa etapa é a primeira, depois que Pernambuco foi reconhecido área livre de febre aftosa com vacinação pela Organização Internacional de Epizootias – OIE. Onde a genética local já está podendo transitar para outros estados sem a realização da quarentena seguida da sorologia, custos estes que aumentavam o valor das negociações e chegava a impossibilitar a saída do animal de área não livre para livre.

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE