Nordeste Rural | Homepage

Como entender o que são os Vinhos Veganos

🕔05.nov 2020

Geralmente, uma avaliação sem muitos critérios de conhecimento pode dizer que todos os vinhos são veganos/vegetarianos, afinal, eles são feitos de uma fruta – uvas. Essa é, sem dúvida, uma meia verdade. Essencialmente, o vinho é suco de uva fermentado. As leveduras, naturais ou cultivadas, convertem os açúcares do suco de uva em álcool. Até aí, tudo certo para um vinho ser considerado vegano ou mesmo adequado para vegetarianos, porém, a razão pela qual nem todos os vinhos o são tem a ver com um processo específico da fase de vinificação, chamado clarificação.

Você já deve ter percebido que alguns vinhos formam os chamados “cristais”, pequenas partículas que deixam a bebida mais turva. O processo de clarificação consiste em adicionar componentes coagulantes na bebida, aumentando o tamanho e o peso das moléculas, dessa forma, estes resíduos ficam acumulados nos tanques e não são transferidos para a garrafa, deixando a bebida mais límpida.

Para se fazer este processo é necessário utilizar uma substância proteica. Algumas empresas usam cola de peixe, clara de ovo, caseína do leite ou gelatina feita com a pele ou osso de porco. Isso evita depósitos e partículas no vinho. Outro método consiste na filtragem do vinho, antes dele ser engarrafado, com uma bateria de placas de bentonita, um tipo de argilomineral. Ainda existe a filtragem tangencial por membranas inorgânicas, preparadas com materiais cerâmicos, vítreos e/ou metálicos. A vantagem é que esse método, além de não utilizar nada de origem animal, não captura os polifenóis, que são componentes importantes para os aromas do vinho. “Toda colagem ou filtragem retira algo do vinho e gera sempre uma pequena perda aromática e estrutural. Essa solução permite clarear o vinho, fazê-lo brilhar e o estabiliza no plano microbiológico. Afinal, a função da colagem e filtragem é exatamente de limpar e dar estabilidade ao vinho” explica Walter Júnior, sócio da Wine To You (W2U), importadora responsável por trazer ao Brasil os produtos da Vinovalie, cooperativa de vinicultores franceses empenhada em oferecer bebidas ecologicamente saudáveis e economicamente sustentáveis. “Todos os produtos da Vinovalie que trazemos ao Brasil são veganos pois utilizam esse método de membranas inorgânicas de forma a preservar melhor os aromas e sabores”, completa Júnior.

Conheça alguns vinhos considerados veganos ou vegetarianos: Rosé Piscine Stripes; Sea Sun Rosé; Rosé Piscine Freez; Tarani Cahors Malbec;  Tarani Reserve Cahors Malbec; Sang Mêlé Rouge; e o Les Paradis.

 

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE