Nordeste Rural | Homepage


A irrigação usada de forma correta melhora o solo para valorizar o desenvolvimento das raízes

0 Comments 🕔03.ago 2022

Para o cultivo agrícola, algumas características no solo são importantes de serem observadas, como nas características físicas, a aeração do solo se destaca, pois as raízes das plantas são muito sensíveis a falta do oxigênio, ocasionando asfixia radicular, menor crescimento vegetativo e surgimento de doenças fúngicas como Phytophtora ou Fusarium. Esses fenômenos ocorrem por alguns motivos, como o excesso de água no solo. Sobre a disponibilidade de oxigênio do solo, existe a taxa de difusão de oxigênio (TDO), esta taxa corresponde à capacidade do solo em permitir a difusão adequada de oxigênio na atmosfera até às raízes, estando relacionado também com a liberação de dióxido de carbono.

A irrigação é uma técnica que supre a demanda hídrica da cultura, através de métodos como o gotejamento, o suporte hídrico é ofertado diretamente no sistema radicular da planta. No entanto, uma irrigação sem critérios técnicos pode levar a excesso de água para a planta e ocasionar a asfixia das raízes. As espécies hortifrutícolas como a videira, cebola e o tomate, não suportam longos períodos de exposição das raízes a este ambiente sem oxigenação. Causando como por exemplo no caso da videira o apodrecimento das raízes, diminuição na absorção dos nutrientes, abortamento de fruto e posteriormente a morte da planta.

Existem ferramentas técnicas que auxiliam o produtor a ter um manejo adequado da sua irrigação. A utilização de estações meteorológicas na qual fornecem dados sobre a evapotranspiração, ou seja, o quanto que a planta perde por transpiração e evaporação em milímetros se torna em um bom indicativo de quanto de água repor. Com o auxílio do coeficiente da cultura (KC), que é determinado por cada fase fenológica da planta, o produtor terá em mãos a quantidade de água a oferecer.

Outra ferramenta bastante útil são os tensiômetros com vacuômetros manuais e digitais, que fornecem dados da tensão de água no solo e, indiretamente do teor de água no solo. Manejar bem a irrigação é uma atividade diária dentro de um cultivo, pois com um manejo ajustado, haverá economia de água, fertilizantes e uma planta com suas necessidades hídricas e de oxigenação no solo atendidas, resultando em plantas mais sadias e produtivas.

 

No Comments

No Comments Yet!

No one have left a comment for this post yet!

Write a Comment

<

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE