Nordeste Rural | Homepage
[ X ]

Produtores rurais ganham mais quando adotam o sistema integrado pecuária e agricultura

🕔17.jan 2019

Quando a pecuária e a agricultura passaram a andar juntas no País, muitos produtores rurais viram os números de seus negócios melhorarem consideravelmente em decorrência da diversificação da renda. Na pecuária leiteira, a integração lavoura-pecuária tem viabilizado a expansão de grandes projetos de produção de leite. Um exemplo vem de São Gotardo, no interior de Minas Gerais, a Sekita Agronegócios, empresa tradicional na produção agrícola desde 1974, adotou este conceito e, hoje, já atingiu uma produção diária superior a 59.000 litros, tornando-se a quarta maior produtora de leite do Brasil em apenas dez anos na atividade. O crescimento expressivo é resultado de uma gestão eficiente, que inclui grandes investimentos em genética de ponta e o uso eficiente dos dejetos.

São 3.500 hectares de área produtiva, divididos entre agricultura e pecuária. O rebanho bovino conta atualmente com 1.500 animais da raça Holandesa em lactação, obtendo uma média diária por vaca de 39 kg/leite. “Quando decidimos iniciar na pecuária leiteira, em 2008, fizemos um estudo, levando em conta a parte de agricultura da fazenda, para avaliar se seria viável o aproveitamento do esterco dos animais como biofertilizante para as áreas de lavoura. Nossa análise inicial indicou que isso seria possível e que o leite ofereceria maior rentabilidade, o que realmente ficou comprovado com o passar dos anos na atividade”, diz Leonardo Garcia, diretor de Pecuária da Sekita.

Para chegar à meta traçada, um dos principais investimentos foi na parte de genética. Todas as bezerras que nascem na fazenda passam por teste genômico para a escolha daquelas que serão futuras doadoras e terão sua genética multiplicada no rebanho. O foco é a seleção de animais de elevada produção leiteira, boa conformação, saúde e maior vida produtiva, característica que expressa quantos meses a mais uma vaca permanece no rebanho. “Hoje, há uma preocupação em produzir animais longevos, que durem no sistema, pois isso reduz a necessidade de reposição do rebanho e, consequentemente, torna o custo de produção mais baixo para a propriedade.

 

Similar Articles

Programa Garantia Safra beneficia mais de 37 mil produtores no Nordeste

Programa Garantia Safra beneficia mais de 37 mil produtores no Nordeste 0

A previsão é de que um total de 37.579 produtores de Pernambuco, Paraíba e Minas

Brasil pode ter uma colheita recorde para a próxima safra

Brasil pode ter uma colheita recorde para a próxima safra 0

Os estudos foram realizados pela Conab - Companhia Nacional de Abastecimento – que estima colheita

Receita – Sarapatel

Receita – Sarapatel 0

Por Foto do livro "História dos Sabores Pernambucanos" Maria Lectícia Monteiro Cavalcanti   INGREDIENTES: 2 kg de

Solos com erosão provocam perda de produtividade da superfície terrestre global

Solos com erosão provocam perda de produtividade da superfície terrestre global 0

O prejuízo pode atingir 23%, diz estudo da Plataforma Intergovernamental de Políticas Científicas sobre Biodiversidade

Feira Livre – Alugue: agora é para entrar no arrasta-pé do São João no friozinho de Gravatá.

Feira Livre – Alugue: agora é para entrar no arrasta-pé do São João no friozinho de Gravatá. 0

Oportunidade: alugo para fins de semana ou temporada -  apartamento tipo flat no edifício Gravatá, com

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE