Nordeste Rural | Homepage


É preciso cuidado para prevenir e controlar as doenças sexuais em bovinos

🕔20.dez 2014

doencas-relacionadas-ao-sistema-reprodutor-bovinoUma doença muito comum entre os bovinos é a campilobacteriose genital bovina. Mais conhecida como vibriose, pelos produtores rurais, causa infertilidade temporária nas vacas. Um grande prejuízo para o pecuarista. O produtor rural deve manter um programa de controle para evitar prejuízos.

Uma das doenças mais frequentes, é a campilobacteriose, que geralmente é transmitida pelo touro infectado, mas que não apresenta sintomas nem a doença. Na fêmea, não existe um sintoma muito claro para o produtor distinguir. O comum é as vacas, e principalmente as novilhas apresentarem repetições do cio.

O touro é quem transmite o agente infeccioso quando cobre vacas e novilhas. A bactéria se prolifera na mucosa vaginal da vaca podendo chegar até o útero. Com isso, o local onde um possível embrião se instalaria fica inflamado o que impossibilita a gestação. A pesquisadora da Embrapa Pantanal Aiesca Pelegrin, explica que a observação, aliada a um exame laboratorial, é a chave para controlar a doença. Para prevenção, a vacinação é a maneira mais utilizada. Aplicada antes de as fêmeas irem para a reprodução.

 

 

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE