Nordeste Rural | Homepage

Criação de galinha com uso de tecnologia pode ampliar a renda do pequeno agricultor

🕔14.out 2020

Usar tecnologia em criação de galinhas caseiras, uma tradição da agricultura familiar, pode ser uma atividade muito lucrativa além de diversificar a exploração de atuação na pequena propriedade. A Embrapa Algodão (Campina Grande – PB), Consulplan e Emater/Pb estão juntas na difusão desta tecnologia com base no projeto de Inclusão produtiva, segurança alimentar, emprego e renda para agricultores familiares do território da Borborema/PB.

Entre outras metas, o projeto prevê aplicar a tecnologia implantando dois mini aviários a cada um dos 21 municípios do território da Borborema, situados no entorno de Campina Grande, mercado alvo a ser trabalhado. Cada aviário terá o tamanho de 2m x 3,5m, inicialmente com um plantel de 50 pintos e será a escola de campo onde as famílias do entorno, inscritas no plano Brasil Sem Miséria, serão capacitadas através de visitas e palestras sobre o manejo empregado. Desta forma, através deste intercâmbio de conhecimento será possível que mais produtores tenham acesso à tecnologia e passem a adotá-la como geradora de parte da sua renda diária.

A difusão desse modelo de produção de forma organizada permite uma capacitação homogênea e mais apropriada que possibilite ao pequeno agricultor familiar conhecer técnicas de manejo com procedimentos adequados utilizando a mão de obra familiar e o aproveitamento de produtos colhidos na própria propriedade, diversificar sua produção além de contribuir para a fixação do homem do campo. Juntos, os agricultores terão condições de oferecer produtos de qualidade e com a constância que a demanda exige pois existe um grande mercado consumidor nas médias e grandes cidades do Nordeste.

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE