Nordeste Rural | Homepage
Advertisement

Os prejuízos provocados pela pneumonia em bezerros

🕔03.ago 2018

bezerro deitadoA pneumonia dos bezerros é uma das mais relevantes, por conta dos prejuízos produtivos associados à alta mortalidade. A enfermidade afeta os neonatos, principalmente nos cinco primeiros meses de vida, fase em que o sistema imunológico dos animais ainda está em formação. Segundo os especialistas, são as doenças do trato respiratório os principais desafios enfrentados pela pecuária.

“O impacto econômico dessa doença é significativo, pois os bezerros acometidos podem sofrer lesões pulmonares graves que irão interferir diretamente em seu desenvolvimento produtivo”, explica o Médico–veterinário e Gerente Técnico de Pecuária de Leite da Ceva Saúde Animal, Alex Souza.

Os animais doentes apresentam sintomas clássicos, como: febre, secreção nasal mucosa ou purulenta, tosse, corrimento ocular, dificuldades respiratórias, apatia, falta de apetite, perda de peso, entre outros. O ambiente e o manejo podem contribuir para o aparecimento da doença na fazenda.

Falhas durante a cura do umbigo, variações de temperatura, superlotação, realojamento em lotes com animais de origem e idades diferentes, transporte, concentração elevada de poluentes e patógenos, mudanças climáticas, nutrição inadequada e demais fatores estressantes presentes na rotina diária dos bezerros estimulam quedas de imunidade e deixam os animais mais vulneráveis à ação de vírus e bactérias.

Os investimentos em biosseguridade e no bem-estar animal são ferramentas imprescindíveis para prevenir a pneumonia. “A ingestão dos anticorpos através do colostro, por exemplo, tem grande importância para saúde dos bezerros, pois é o primeiro estímulo imunológico recebido pelos bovinos”, explica Souza.

Outras medidas simples, como controle estratégico de verminoses, imunização adequada dos bezerros, fornecimento de uma nutrição balanceada e palatável e a instalação de bezerreiros funcionais bem arejados com boa qualidade de ar colaboram para diminuir a proliferação de vírus e bactérias no ambiente. A rápida identificação da doença e a introdução de antibióticos de amplo espectro são imprescindíveis para o sucesso do tratamento.

 

Similar Articles

Nova tecnologia permite analisar a qualidade do café em pouco tempo

Nova tecnologia permite analisar a qualidade do café em pouco tempo 0

A cadeia brasileira do café deve incorporar nos próximos anos um sistema inteligente e inédito

Balanço identifica queda na produção de aves e de suínos este ano no Brasil

Balanço identifica queda na produção de aves e de suínos este ano no Brasil 0

Os dados foram levantados pela Associação Brasileira de Proteína Animal – ABPA. Segundo foi apresentado

Produtor de leite deve ter toda atenção no período de transição das vacas

Produtor de leite deve ter toda atenção no período de transição das vacas 0

Durante o ciclo produtivo das vacas, o período chamado de transição, é um dos mais

Inventada uma garrafa para prolongar a vida de vinhos e sucos

Inventada uma garrafa para prolongar a vida de vinhos e sucos 0

Muitas vezes os amantes de um bom vinho optam por não tomar todo o conteúdo

Própolis de abelha combate ao fungo que ataca milho, citros e tomate

Própolis de abelha combate ao fungo que ataca milho, citros e tomate 0

O produto da abelha-europeia chamado de própolis verde e suas ações preventivas e terapêuticas são

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE