Nordeste Rural | Homepage
[ X ]

Inseticida natural contra o carrapato e a lagarta do algodão

🕔16.jan 2016

Um dos resultados mais importante do trabalho desenvolvido pelos pesquisadores da Embrapa, foi a obtenção de um extrato concentrado em pó do suco do sisal, ou da agave, que permite conservá-lo por longo período sem perder suas propriedades. O extrato em pó demonstrou eficácia contra lagartas do algodoeiro e da soja e carrapatos bovinos. O produto em pó é obtido após a retirada de toda a água do suco pelo processo de concentração chamado liofilização, de forma similar ao que ocorre com leite e café, que consiste na desidratação de substâncias em baixas temperaturas transformando-o em material sólido de fácil conservação.

“A vantagem do extrato em pó do suco de sisal é que ele pode ser reconstituído por diluição em água, o que facilita a aplicação, e ainda conserva as propriedades do material original”, explica o pesquisador da Embrapa Algodão, Everaldo Medeiros. As propriedades inseticidas do suco de sisal já eram conhecidas no meio científico, mas havia uma grande limitação prática: o produto precisava ser aplicado imediatamente após a coleta porque fermentava em poucas horas.

Em 2010, a Embrapa Algodão iniciou o estudo da viabilidade econômica do uso do suco do sisal para a produção de bioinseticidas. “Um dos resultados mais importantes da pesquisa foi conseguir a estabilização do suco, evitando que ele entrasse em processo de fermentação. Sem nenhum tratamento, o suco deteriora cerca de cinco horas após a extração e nós conseguimos mantê-lo estável por até 30 dias”, explica o pesquisador da Embrapa Algodão, Everaldo Medeiros.

O pesquisador enfatiza que, por enquanto, o produto ainda não está disponível para a população por ser objeto de estudo e ainda necessitar de aprovação pelos órgãos regulamentadores no país. “Tanto a universidade como a Embrapa dispõem do material apenas para fins de pesquisa em pequenas quantidades para os testes que são realizados. As pessoas devem estar atentas para o fato de que a manipulação do suco sem o processo técnico correto poderá não trazer efeitos de mortalidade das larvas,” alerta o especialista.

 

 

 

Similar Articles

São João mexe com a vida nas cidades do Interior

São João mexe com a vida nas cidades do Interior 0

E começa pela entrada da cidade. As administrações municipais fazem questão de mostrar os sinais

Oficialmente o inverno começa na próxima sexta-feira e vai ter influência do El Niño

Oficialmente o inverno começa na próxima sexta-feira e vai ter influência do El Niño 0

A previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) para o inverno, que começa oficialmente nesta

Feira – Oferta imperdível nas melhores terras de Pernambuco

Feira – Oferta imperdível nas melhores terras de Pernambuco 0

Vendo uma propriedade “Laranjeiras” com 70 hectares, com água perene, localizada nas melhores terras do

Brasil monta barreira sanitária contra a entrada da Peste suína africana no criatório nacional

Brasil monta barreira sanitária contra a entrada da Peste suína africana no criatório nacional 0

Este é o desafio das autoridades sanitárias do Brasil que pretendem manter animais livres da

Mudanças na temperatura global aumentam os riscos de doenças no cultivo do feijão

Mudanças na temperatura global aumentam os riscos de doenças no cultivo do feijão 0

Com o aumento da temperatura do planeta, muitas doenças de plantas podem alterar sua distribuição

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE