Nordeste Rural | Homepage


Diagnóstico de doenças que se confundem com sintomas da febre aftosa

🕔02.dez 2014

aftosaPara os bovinos, algumas doenças que podem ser confundidas com a febre aftosa, podendo confundir o pecuarista, uma vez que têm sintomas parecidos. São elas: a diarréia viral bovina-doença das mucosas, a língua azul, a estomatite vesicular, a febre catarral maligna e a rinotraqueíte infecciosa bovina. A maioria dessas doenças é até mais grave do que aftosa, podendo, algumas delas, causar mortalidade próxima de 100%. No entando, elas não têm a mesma capacidade de disseminação que a febre aftosa.

Extremamente contagiosa, a febre aftosa ataca várias espécies animais, sendo a bovina a mais suscetível. O tratamento, mesmo que sintomático, não é recomendado e os animais afetados devem ser eliminados para evitar a disseminação da doença.

A diarréia viral bovina-doença das mucosas pode causar abortos ou produzir bezerros fracos. Para esta doença, existe vacina no Brasil, o que não acontece com a língua azul. Para esta enfermidade só existe vacina em outros países. Ela causa problemas reprodutivos nos animais, tem como sinais o surgimento de úlceras e a congestão das membranas mucosas dando um aspecto de coloração azulada a estas.

Para a estomatite vesicular, doença que não se diferencia clinicamente da aftosa, existe vacina. Ela ocorre principalmente em cavalos e pode infectar humanos. Já para a febre catarral maligna, que provoca alta mortalidade no rebanho, não existe vacina. Entre os sintomas estão lesões erosivo-ulcerativas e também lesões oculares – sendo que estas últimas não ocorrem na Febre Aftosa. E rinotraqueíte infecciosa ou ceratoconjuntivite ocorre mais em animais que têm mais de seis meses. Provoca lesões erosivas e conjuntivite e pode levar as fêmeas a abortarem. Para essa doença existe vacina.

Para a doutora Vanessa Felipe de Souza, pesquisadora da Embrapa Gado de Corte, para saber, com certeza, se o animal tem febre aftosa ou outra doença, é preciso fazer exames clínicos e complementares em laboratórios . Um médico veterinário é o profissional certo para avaliar o estado de saúde do rebanho, providenciando um diagnóstico preciso.

 

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE