Nordeste Rural | Homepage

A dieta dos bovinos no confinamento é importante para evitar prejuízos

🕔29.abr 2019

confinamento bovinoNas épocas de pouca chuva, a preocupação do pecuarista é a alimentação para o gado, já que o crescimento da pastagem é mais lento e a qualidade do pasto é menor. Há várias opções para manter o desempenho animal e evitar prejuízos na fazenda. Mas é preciso planejamento e bom senso para reduzir os riscos de uma escolha equivocada.

Uma das possibilidades para ganhos mais elevados, de acordo com o pesquisador Sérgio Raposo de Medeiros, da Embrapa Pecuária Sudeste (São Carlos – SP), é o semiconfinamento ou confinamento. Nesses sistemas, a dieta é um dos itens mais relevantes, já que representa, tirando o gasto com a compra dos animais, entre 60% e 80% dos custos de produção. Dessa forma, para o produtor não ter surpresas desagradáveis e obter bons resultados, a dieta utilizada deve ser bem formulada e sua eficiência avaliada.

Segundo o pesquisador, quando há mais opções de ingredientes, aumentam-se as chances de atender as exigências nutricionais dos bovinos e obter respostas positivas no ganho de peso. É importante ter na lista da formulação, além de volumosos, concentrados energéticos (milho, sorgo, casca de soja, etc.), fontes de proteína (farelos de soja ou de algodão, levedura, ureia, etc.) e minerais. Também é possível utilizar subprodutos e resíduos, dependendo da disponibilidade comercial, da qualidade nutricional, da proximidade e da oferta desses produtos na região.

A quantidade de cada ingrediente deve ser observada para atender o valor nutritivo e a dieta economicamente viável. O preço dos ingredientes faz toda diferença. “Para que o resultado seja, de fato, uma dieta de custo mínimo por quilo, tão importante quanto ter dados nutricionais corretos, é atribuir ao ingrediente o valor mais exato”, destaca Medeiros.

Ainda em relação à fórmula fornecida ao gado durante o período de confinamento, a exigência nutricional deve ser baseada no desempenho que se deseja obter. Para o pesquisador, no momento em que o produto planeja o confinamento, é importante fazer simulações para ajudá-lo a tomar a melhor decisão. “Para muitas perguntas como, por exemplo, ‘Compensa usar o aditivo X ou Y?’, ‘E se eu tirar esse ingrediente que está entrando em poucos gramas por dia, não seria vantagem operacional?’, nada melhor do que simular de um jeito e de outro e avaliar o impacto nos resultados”, explica.

Sérgio Medeiros ressalta que copiar a dieta do vizinho, como se fosse uma “receita de bolo”, não é recomendado. A dieta deve ser formulada de acordo com as condições específicas de cada confinamento, aproveitando as vantagens competitivas, como a disponibilidade de resíduos, e incorporando especificidades que venham ao encontro das necessidades operacionais. “Remunerar o bom prestador de serviço técnico fica barato frente aos benefícios”, afirma Raposo. Ele defende, ainda, que a contratação deveria ser para uma assistência mais abrangente, com indicação de como proceder a mistura, como fazer a adaptação dos animais, o dia-a-dia da alimentação e ajudar na decisão de abate.

 

 

 

Similar Articles

Perdas na safra de milho do Rio Grande do Sul mostra crescimento nos pedidos de seguro rural

Perdas na safra de milho do Rio Grande do Sul mostra crescimento nos pedidos de seguro rural 0

Foram registrados 6.719 comunicados de perdas pela seca no RS. Mais da metade (54,5%) foram

Carne bovina promove crescimento da receita do agronegócio brasileiro

Carne bovina promove crescimento da receita do agronegócio brasileiro 0

Em janeiro de 2020, as Exportações de carne bovina tiveram alta de 9,84%, promovendo receitas

Balanço positivo para os custos de produção de suínos e de frangos de corte em 2019

Balanço positivo para os custos de produção de suínos e de frangos de corte em 2019 0

Os custos de produção de suínos e de frangos de corte calculados pela CIAS, a

Novo mercado para a exportação da carne bovina brasileira

Novo mercado para a exportação da carne bovina brasileira 0

O pais que confirmou a compra de carne bovina brasileira é o Kuwait, que foi

Serra Gaúcha, no verão,  estimula turismo para ver a colheita da uva

Serra Gaúcha, no verão, estimula turismo para ver a colheita da uva 0

colheita da uva na Serra Gaúcha acontece de janeiro a março e os turistas podem

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE