Nordeste Rural | Homepage
/

Vinho o Ano todo

🕔05.jan 2017

uvas-de-mesa-1Por

Fernando Antonio de Queiroz Fonseca Jr.

 

Olá amigos enófilos!

Primeiramente um FELIZ ANO NOVO a todos!

E vamos depressa ao que interessa, porque o ano já começou.

Em tempos de crise até os textos são reduzidos(risos), mas nem por isso menos elucidativos.

Segue abaixo as dicas para se consumir VINHO O ANO TODO, sem enjoar de determinada uva e aproveitando para melhorar o gosto por outras, respeitando a predominância de cada uva para cada período, mas sem abrir mão de degustar as uvas de sua preferencias.

 

VERÃO (vinhos refrescantes)

JANEIRO – ESPUMANTE BRUT (réveillon, canapés, etc.)

FEVEREIRO – SAUVIGNON BLANC (camarão, peixe frito, etc.)

MARÇO – CHARDONNAY (peixada, moqueca, etc.)

 

OUTONO (vinhos de médio corpo)

ABRIL – MERLOT (ave, risoto, massa, etc.)

MAIO – MALBEC (porco, tender, molho agridoce, etc.)

JUNHO – CARMENERE (bode, maminha, picanha, etc.)

 

INVERNO (vinhos encorpados)

JULHO – CABERNET (pernil, paleta, etc.)

AGOSTO – SYRAH (filé, carré, etc.)

SETEMBRO – TANNAT (Feijoada, cabidela, sarapatel, etc.)

 

PRIMAVERA (vinhos leves e elegantes)

OUTUBRO – PINOT NOIR (atum)

NOVEMBRO – GAMAY (salmão)

DEZEMBRO – ESPUMANTE ou VINHO ROSÉ (sushi, crustáceos, etc.)

 

OBS: Percebam que quanto mais frio mais peso e quanto mais calor mais leveza.

Segue também, mais uma vez, a dica sobre a escala de preços para cada categoria de vinho;

$ 25,00 – brancos, de preferência nacionais.

$ 50,00 – brancos reserva ou tintos clássicos. (Para festas populosas)

$ 75,00 – tintos Premium ou tintos reserva. (Para amigos queridos)

$100,00 – tintos reserva ou grand reserva (Para jantares especiais)

Acima de $100,00 – tintos grand reserva (para datas especiais)

Dito isso, quero deixar registrado que este ano eu escreverei sobre as uvas predominantes de cada mês em seus respectivos períodos.

 

Aquele abraço, FELIZ 2017, SAÚDE E TIM TIM!

Fernando Antonio de Queiroz Fonseca Jr.

(TONY)

Similar Articles

Veja como fazer o controle da verminose no rebanho bovino

Veja como fazer o controle da verminose no rebanho bovino 0

O controle de vermes no rebanho bovino é mais eficiente se realizado por meio de

Dicas para controlar o ataque do bicudo-do-algodão

Dicas para controlar o ataque do bicudo-do-algodão 0

O bicudo foi o responsável por abalar a cotonicultura nordestina, que já chegou a plantar

Duas sementes de mandioca adaptadas para o nordeste e principalmente a região do recôncavo baiano

Duas sementes de mandioca adaptadas para o nordeste e principalmente a região do recôncavo baiano 0

A recomendação dos pesquisadores da Embrapa é para o uso de duas variedades de mandioca

A falta de cuidado contra o ataque de vermes prejudica a pecuária brasileira

A falta de cuidado contra o ataque de vermes prejudica a pecuária brasileira 0

A presença de vermes (nematoides) gastrointestinais nos rebanhos de corte e leite pode trazer uma

Alerta aos agricultores contra o ataque do mofo-branco e a antracnose na lavoura de feijão

Alerta aos agricultores contra o ataque do mofo-branco e a antracnose na lavoura de feijão 0

O mofo-branco é uma das principais doenças da cultura do feijão e pode causar perdas

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE