Nordeste Rural | Homepage

Uma semente de algodão resistente a herbicida já pode ser plantada pelo agricultor nordestino

2 Comments 🕔17.jul 2017

algodão brfsÉ a cultivar de algodão BRS 368 RF, uma variedade que tolera o herbicida Glifosato e, por isso, pode ser cultivada com menor exigência de equipamentos para controle de plantas daninhas. A nova semente foi desenvolvida pelos pesquisadores da Embrapa Algodão e parceiros e foi apresentada aos agricultores dos municípios de Iguatu e Quixeramobim, no Ceará.

Para o pesquisador da Embrapa Agroindústria Tropical, Raimundo Braga, explica que a nova semente é indicada para cultivo em primeira safra (sequeiro) nos estados do MS, MT, GO e BA e segunda safra (irrigado) no Estado da BA. Cultivar de porte baixo e ciclo de médio a precoce, com abertura da primeira flor aos 55 dias e ciclo total de 165 a 170 dias.

A BRS 368 RF é um cultivar transgênica resistente ao herbicida glifosato, com rendimento de fibra de 40% e potencial produtivo entre 4.200 a 4.500 kg/há. Para os pesquisadores, por ser resistente ao glifosato, oferece maior flexibilidade no controle de plantas daninhas, permitindo a aplicação em qualquer fase do desenvolvimento da cultura sem necessidade de utilização de pulverizações com herbicidas não seletivos em jato dirigido. Ela é também resistente ao mosaico comum e bacteriose do algodoeiro e moderadamente resistente a doença azul.

Para a Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará (Faec) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), a nova semente faz parte de um projeto para revitalizar a cultura algodoeira no Estado do Ceará.

 

Similar Articles

As raças leiteiras são as preferidas para melhoria genética e fazem crescer as vendas de sêmen

As raças leiteiras são as preferidas para melhoria genética e fazem crescer as vendas de sêmen 0

A procura por sêmen das raças leiteiras nacionais vem crescendo em 2017, registrando um aumento

Um encontro sobre indicação geográfica terá palestrantee internacionais

Um encontro sobre indicação geográfica terá palestrantee internacionais 0

No Brasil existem 62 produtos com Registro de Indicação Geográfica. As indicações são definidas atualmente

Feira Livre – Passe o fim de semana no friozinho de Gravatá.

Feira Livre – Passe o fim de semana no friozinho de Gravatá. 0

Oportunidade: alugo para fins de semana ou temporada -  apartamento tipo flat no edifício Gravatá, com

Queda na safra de laranja brasileira reduz as exportações

Queda na safra de laranja brasileira reduz as exportações 0

  A redução na oferta de laranja registrada na safra 2016/2017, encerrada em 245,31 milhões de

Agricultor pode ganhar mais dinheiro plantando melancia em consórcio com mandioca

Agricultor pode ganhar mais dinheiro plantando melancia em consórcio com mandioca 0

Plantar melancia consorciada à mandioca garante segurança financeira ao pequeno produtor, que pode aumentar a

2 Comments

  1. 🕔 1:54, 18.jul 2017

    Marisa

    Acho muito triste , em uma época dessa que o mundo todo já está questionando posturas não sustentáveis, vocês publicarem esse artigo de forma até feliz!
    Por favor, incentivem a agricultura familiar , a agrofloresta e a não utilização de veneno !
    Tenho certeza que você sabe do que eu estou falando!
    Ainda dá tempo!
    Deixem o ecossistema em paz.

    reply comment
    • 🕔 21:17, 20.jul 2017

      Redação Nordeste Rural Author

      Olá Marisa,
      Tudo bem com você. Muito obrigado pela observação. De certa forma, temos, pelo que posso imaginar, opiniões bem parecidas. Mas isso quando nos referimos às opiniões pessoais e particulares. Infelizmente, como veiculo de comunicação e de informação, precisamos divulgar todos os fatos que nos pareçam relevantes para o segmento do agronegócio.
      De qualquer maneira, gostaria de continuar contando com suas observações e avaliações críticas ou elogiosas, caso assim julgue. Muito obrigado e continue nos acompanhando.
      Abraço,
      Duda Amaral
      Editor Chefe

      reply comment

Write a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *