Nordeste Rural | Homepage
Advertisement
[ X ]

Um breve comentário sobre a história da Equitação

🕔21.out 2014

CCE - Cross Évora 2004 (2)Por
Paulo Guilhon*

Desde 2001 venho dedicando tempo de estudos teóricos e práticos relacionados à equitação acadêmica.
Há um ano estou residindo na Coudelaria Função (criatório de cavalos lusitanos e centro de treinamentos para equitadores e cavalos de equitação), e montando sob orientações do equitador português Ndzinji Pontes.

O termo “equitação acadêmica” tem origem no séc. XVI, em França, com a criação das Academias de Equitação (dez em Paris e dezessete nas províncias do território francês). O dicionário francês de 1777 define o termo ACADEMIA: “local onde a nobreza aprende a montar a cavalo e outros exercícios que lhe convém”.

Na Europa renascentista foram consideradas como artes acadêmicas a equitação, esgrima, dança e as ciências exatas. Curioso também é o significado da palavra CONSERVATÓRIO: “estabelecimento público destinado ao ensino das belas artes”.

O primeiro Conservatório de Arte Eqüestre criado em Portugal foi o de Vila Viçosa, posteriormente promovido a Academia de Vila Viçosa pelo Duque de Bragança, futuro D. João IV. Em 1808, com a vinda da família real portuguesa para o Brasil, este acervo de conhecimentos relativos à equitação aportou nessas terras, como conteúdo indispensável de sua bagagem.

A maioria de nós cavaleiros não sabe que o primeiro Tratado de Equitação da literatura européia foi escrito em 1434 por D. Duarte, então rei de Portugal, sendo a primeira edição publicada somente em 1842.
Todos esses aspectos são de relevante importância, pois a influência deles sobre a nossa cultura eqüestre é inegável.

Foi D.Pedro I quem criou o título “Estribeiro Mor”, uma espécie de gerente geral com funções que incluíam desde o comando das cavalariças reais e a inspeção dos assuntos eqüestres da Casa Real, até o acompanhamento pessoal dos membros da família real em suas excursões a cavalo. Ao Rei, o estribeiro mor calçava-lhe as esporas, assistia-lhe nos atos de montar e desmontar, ia à sua frente quando este saía do Paço, na retaguarda em suas jornadas, ao estribo direito do coche quando o Rei o utilizava. Cabia-lhe também o direito honroso de empunhar o estandarte real no início das batalhas, em caso de guerra.
A equitação acadêmica é verdadeira ciência, destilada a tal ponto, que se tornou a manifestação da expressão artística daqueles que apreenderam seus princípios e acessaram o cerne enigmático e indecifrável da essência que a constitui. De modo lamentável e inexplicável esse acervo trazido ao Brasil e entregue a nós pelos portugueses, diluiu-se em concentrações desprezíveis e cedeu lugar a outras formas da relação homem/cavalo por meio da equitação.

À medida em que estudamos e praticamos convenientemente a equitação acadêmica, universos inimagináveis descortinam-se diante dos olhos conferindo-nos não só as capacidades ginetas, mas, acima de tudo, discernimento eqüestre.

Os princípios acadêmicos da equitação são de aplicação universal, desde que saibamos adaptá-los aos diferenciados contextos do universo eqüestre. Àqueles que aspiram a cobiçada condição de Equitadores, faço a sugestão de estudo dessa “nobre arte científica”.

*Hipólogo / diretor do ‘Núcleo de Prestação de Serviços ao Cavalo’.
Autor dos livros ‘Doma Racional Interativa’ e ‘Ndzinji – a escola chamada cavalo’.

Similar Articles

Pastagens mais verdes e produtivas com adubação foliar

Pastagens mais verdes e produtivas com adubação foliar

Quatro tratamentos comparativos foram testados, pelo Grupo de Pesquisa em Forragicultura (GEPFOR) da UFU, liderado

Como calcular o que os animais da fazenda consomem de água

Como calcular o que os animais da fazenda consomem de água

A fórmula é simples e fácil de fazer. O produtor pode calcular consumo de água

As fábricas de rações podem ser mais rentáveis aumentando o acompanhamento no processo de produção

As fábricas de rações podem ser mais rentáveis aumentando o acompanhamento no processo de produção

Assegurar um produto de qualidade é, hoje, um dos principais desafios das inúmeras fábricas de

Produtos de origem animal inspecionados em Pernambuco podem ser comercializados em todo o pais

Produtos de origem animal inspecionados em Pernambuco podem ser comercializados em todo o pais

Foto Uninassau O estado de Pernambuco obteve o reconhecimento de equivalência do serviço de inspeção

Uma técnica cirúrgica inédita recupera potro puro sangue inglês de deformidade óssea

Uma técnica cirúrgica inédita recupera potro puro sangue inglês de deformidade óssea

Escola do Cavalo Uma técnica de cirurgia veterinária inovadora pode salvar a vida de equinos

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE