Nordeste Rural | Homepage
Advertisement

Setor Lácteo entrega projeto para melhora a qualidade e competitividade do leite

🕔17.Maio 2015

Dia de campo soja 166Os principais pilares do projeto serão a assistência técnica, a abertura de linhas específicas para a modernização e otimização de custos no setor, a sanidade animal, a qualidade e a promoção do consumo de leite. Os estados prioritários serão o Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais e Goiás, maiores produtores de leite do país. No entanto, o projeto poderá ser ampliado para outros estados.

O projeto foi desenvolvido pelo Setor Lácteo Brasileiro e entregue a  ministra Kátia Abreu, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Entre as metas, que deverão ser cumpridas em um período de quatro anos, estão a ascensão dos produtores de leite das classes D e E, para a classe C, por meio da transferência de conhecimento técnico e gerencial, e a manutenção deles na classe C, além da desburocratização para a liberação de recursos do Pronaf e do Inovagro.

Esses programas já têm recursos específicos voltados para o setor leiteiro. A ideia é fazer com que os procedimentos para a obtenção desses recursos sejam facilitados para o produtor rural. Segundo a ministra Kátia  Abreu, essa é uma meta a ser atingida já com o Plano Agrícola e Pecuário 2015/2016.

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE