Nordeste Rural | Homepage
Advertisement

Semiárido nordestino pode produzir mais com o plantio de milheto

🕔16.mai 2018

milhetoO milheto é tolerante ao déficit hídrico e se adapta bem às altas temperaturas. “Ele tem uma produtividade muito boa em condições extremas e, por isso, se torna estratégico para a região, principalmente para a produção de forragem”, destaca o pesquisador Rafael Dantas, da Embrapa Semiárido (PE).

Nas regiões mais atingidas pela escassez de água, como é o caso do Semiárido, no Nordeste brasileiro, o milheto é uma alternativa animadora para os produtores. Experiências com a cultura realizadas pela Embrapa em diferentes localidades do Semiárido – tanto no Agreste, onde chove mais, quanto no Sertão, onde é mais seco – alcançaram boas produtividades, atingindo cerca de 16 toneladas de matéria seca e de 30 a 40 toneladas de massa verde por hectare.

O pesquisador Rafael Dantas afirma que, para o Semiárido, onde a água é uma das maiores deficiências, a silagem é a melhor alternativa, pois possui cerca de 70% de água em sua composição, ou seja, em cada quilo de silagem se tem 700g de água. “Muitas vezes o produtor tem o alimento e não tem a água para oferecer ao seu animal”, declara.

Além disso, o pesquisador da Embrapa descreve a vantagem do milheto no Semiárido, especialmente no veranico, que se caracteriza por um período sem chuvas, durante a estação chuvosa. “Mesmo no período de chuvas, as precipitações não são constantes na região, e o milheto é muito tolerante a esses veranicos”, conta o cientista.

A cultura ainda está começando a se difundir na região semiárida, com um crescimento significativo de áreas plantadas, em especial nas bacias leiteiras do Agreste. Dantas estima que, somente nessa região, tenham sido plantados entre 20 e 30 mil hectares no último ano, enquanto que nos anos anteriores essa área não deve ter chegado a dez mil hectares, especialmente em razão do prolongado período de estiagem.

 

 

Similar Articles

Pernambuco consegue bons índices de cobertura na vacinação contra aftosa

Pernambuco consegue bons índices de cobertura na vacinação contra aftosa 0

O levantamento da segunda etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa, em Pernambuco, concluiu

Receita – Torta de mousse de queijo minas de búfala e goiabada

Receita – Torta de mousse de queijo minas de búfala e goiabada 0

INGREDIENTES:   Receita prática e rápida 1 queijo minas frescal de búfala (500 gramas) DiBufalo. 1 lata de

Cresce no Brasil o interesse dos pecuaristas para amplia os rebanhos da raça Brahman vermelha

Cresce no Brasil o interesse dos pecuaristas para amplia os rebanhos da raça Brahman vermelha 0

Este ano, a raça Brahman completa 25 anos das primeiras importações oficiais de animais para

Produtores rurais ganham mais quando adotam o sistema integrado pecuária e agricultura

Produtores rurais ganham mais quando adotam o sistema integrado pecuária e agricultura 0

Foto: Loja Agropecuária Quando a pecuária e a agricultura passaram a andar juntas no País,

Balanço do PIB aponta para forte contribuição dos municípios do agronegócio

Balanço do PIB aponta para forte contribuição dos municípios do agronegócio 0

Os dados são do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) referentes ao PIB (Produto

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE