Nordeste Rural | Homepage

Saúde animal brasileira ganhar reforço com inauguração de uma nova estação de controle

🕔13.nov 2016

estacao-de-cananeiaA nova unidade de suínos da Estação Quarentenária da Ilha de Cananéia, em São Paulo. A nova unidade de Cananéia tem capacidade para 500 suínos de alto valor genético, importados para melhoramento das raças do rebanho nacional. As instalações da estação têm quatro galpões projetados para alojar os animais em condições de biossegurança e bem-estar animal. Todos têm sistema de ventilação e aspersão de água para melhorar o conforto térmico. Os animais passam por testes clínicos e coleta de materiais para exames laboratoriais, a fim de atestar a sua saúde antes de serem liberados para a criação comercial.

A nova estação foi inaugurada pelo ministro Blairo Maggi, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Para ele, “Esta estação é muito importante para a estratégia de fortalecimento da sanidade animal do Brasil. É uma fortaleza para o nosso setor produtivo”.  Segundo ele, a quarentena em Cananéia já permitiu detectar doenças animais, evitando que se disseminassem pelo país com o abate de lotes contaminados. “O papel do ministério é fazer com que as coisas funcionem e os criadores possam produzir.”

A construção da nova unidade de Cananéia custou R$ 2,5 milhões. A obra foi feita por meio de parceria público-privada (PPP) com a Associação Brasileira de Empresas de Genética de Suínos (Abegs) e a Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS). O Mapa fornecerá mão de obra e segurança à unidade. A quarentena serve para evitar a disseminação de qualquer doença animal no país. Somente depois do período de até 40 dias de isolamento, os animais provenientes de outros países podem fazer parte do plantel brasileiro.

Além de dobrar a atual capacidade de 500 para mil suínos em quarentena, a estação abriga até 240 aves ornamentais de pequeno porte simultaneamente e também equinos para um projeto de pesquisa. A unidade do Mapa fica em uma área de 1.510 hectares na Ilha de Cananéia, no litoral sul do estado de São Paulo, distante cerca de 264 quilômetros da capital paulista.

Para o secretário de Defesa Agropecuária, Luis Rangel, os avanços do Brasil na área de sanidade animal, são bastante significativos: “Hoje, o país é uma potência agropecuária, graças ao trabalho feito na área de segurança da saúde animal.” Já o presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), Maurício Lopes, garantiu que o setor está preparado para liderar as exportações mundiais de carne suína.

Similar Articles

Antioxidante não deixa a maçã escurecer depois de cortada

Antioxidante não deixa a maçã escurecer depois de cortada 0

A nova tecnologia foi desenvolvida pelo pesquisador, Rufino Fernando Flores Cantillano, da Embrapa Clima Temperado,

Receita – Talharim primavera

Receita – Talharim primavera 0

INGREDIENTES:   Para a massa: - 500g de talharim - ½ xícara (chá) de Margarina Delícia Supreme (100g) - 2

Vendas para o mercado asiático podem melhorar o desempenho das exportações de carne suína brasileira

Vendas para o mercado asiático podem melhorar o desempenho das exportações de carne suína brasileira 0

Foto R Globo Rural As vendas de carne suína pelos produtores brasileiros alcançam 155,2 mil

As cores do Recife no céu

As cores do Recife no céu 0

Hoje cedo o Recife acordou com um belo adorno no céu. O arco-íris se projetou

Uma tecnologia simples ajuda a controlar a irrigação automaticamente

Uma tecnologia simples ajuda a controlar a irrigação automaticamente 0

A tecnologia consegue reduzir o consumo de água e energia na lavoura em até 50%.

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE