Nordeste Rural | Homepage

Relatório aponta um crescimento para o consumo mundial de café

🕔12.mar 2016

café no galho.O crescimento do consumo mundial de café foi destaque do Relatório sobre mercado de café, publicado pela OIC – Organização Internacional do Café. Segundo a OIC, o consumo mundial de café que foi de 150,3 milhões de sacas de 60kg em 2014, subiu para 152,1 milhões de sacas em 2015 e, nos quatro últimos anos, o crescimento anual manteve média de 2%.

O consumo mundial de café aumentou, principalmente, na Ásia onde foi constatada grande parte desse crescimento recente, com taxas de 4,5 a 9% na Indonésia, Filipinas, Índia e Tailândia. Além disso, o Relatório de fevereiro deste ano aponta que em janeiro as exportações mundiais totalizaram 9 milhões de sacas, 0,8% menos que em janeiro de 2015 e, ainda, que nos quatro primeiros meses do ano cafeeiro (outubro a janeiro) elas aumentaram 1,7%, totalizando 35,9 milhões.

Outro relatório importante e divulgado há pouco, foi o Relatório de Tendências do Café – levantamento feito pelo Bureau de Inteligência Competitiva do Café. Esse documento busca reunir e oferecer informações e análises relevantes para o setor cafeeiro nacional, subsidiando o planejamento e a tomada de decisão dos agentes da cadeia agroindustrial do café.

O Relatório do Bureau destaca o aumento da participação do Coffea canephora na produção mundial em relação ao Coffea arabica. Segundo o Bureau, os grãos de café robusta são utilizados predominantemente em blends com café arábica e na fabricação de café solúvel, um produto cujo consumo cresceu muito nas últimas décadas, principalmente nos países emergentes. Além disso, o C. canephora é mais resistente a doenças, mais tolerante a adversidades do clima, possui maior produtividade e tem custo de produção inferior ao do C. arabica. De acordo com a análise do Relatório, esse cenário indica oportunidade para as regiões brasileiras produtoras de robusta, mas pode representar ameaça para a produção de café arábica no longo prazo.

Similar Articles

Duas sementes de mandioca adaptadas para o nordeste e principalmente a região do recôncavo baiano

Duas sementes de mandioca adaptadas para o nordeste e principalmente a região do recôncavo baiano 0

A recomendação dos pesquisadores da Embrapa é para o uso de duas variedades de mandioca

A falta de cuidado contra o ataque de vermes prejudica a pecuária brasileira

A falta de cuidado contra o ataque de vermes prejudica a pecuária brasileira 0

A presença de vermes (nematoides) gastrointestinais nos rebanhos de corte e leite pode trazer uma

Alerta aos agricultores contra o ataque do mofo-branco e a antracnose na lavoura de feijão

Alerta aos agricultores contra o ataque do mofo-branco e a antracnose na lavoura de feijão 0

O mofo-branco é uma das principais doenças da cultura do feijão e pode causar perdas

Nova pesquisa assegura: sombra no pasto não favorece o aumento da verminose no rebanho de corte

Nova pesquisa assegura: sombra no pasto não favorece o aumento da verminose no rebanho de corte 0

A incidência de verminoses em gado de corte em sistema silvipastoril (pecuária-floresta) não é maior

Especialistas brasileiros se preparam para bloquear a entrada de vinte pragas que prejudicam as lavouras

Especialistas brasileiros se preparam para bloquear a entrada de vinte pragas que prejudicam as lavouras 0

O bloqueio a vinte pragas consideradas prioritárias pelos prejuízos econômicos que podem causar, já começou

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE