Nordeste Rural | Homepage

Relatório aponta um crescimento para o consumo mundial de café

🕔12.mar 2016

café no galho.O crescimento do consumo mundial de café foi destaque do Relatório sobre mercado de café, publicado pela OIC – Organização Internacional do Café. Segundo a OIC, o consumo mundial de café que foi de 150,3 milhões de sacas de 60kg em 2014, subiu para 152,1 milhões de sacas em 2015 e, nos quatro últimos anos, o crescimento anual manteve média de 2%.

O consumo mundial de café aumentou, principalmente, na Ásia onde foi constatada grande parte desse crescimento recente, com taxas de 4,5 a 9% na Indonésia, Filipinas, Índia e Tailândia. Além disso, o Relatório de fevereiro deste ano aponta que em janeiro as exportações mundiais totalizaram 9 milhões de sacas, 0,8% menos que em janeiro de 2015 e, ainda, que nos quatro primeiros meses do ano cafeeiro (outubro a janeiro) elas aumentaram 1,7%, totalizando 35,9 milhões.

Outro relatório importante e divulgado há pouco, foi o Relatório de Tendências do Café – levantamento feito pelo Bureau de Inteligência Competitiva do Café. Esse documento busca reunir e oferecer informações e análises relevantes para o setor cafeeiro nacional, subsidiando o planejamento e a tomada de decisão dos agentes da cadeia agroindustrial do café.

O Relatório do Bureau destaca o aumento da participação do Coffea canephora na produção mundial em relação ao Coffea arabica. Segundo o Bureau, os grãos de café robusta são utilizados predominantemente em blends com café arábica e na fabricação de café solúvel, um produto cujo consumo cresceu muito nas últimas décadas, principalmente nos países emergentes. Além disso, o C. canephora é mais resistente a doenças, mais tolerante a adversidades do clima, possui maior produtividade e tem custo de produção inferior ao do C. arabica. De acordo com a análise do Relatório, esse cenário indica oportunidade para as regiões brasileiras produtoras de robusta, mas pode representar ameaça para a produção de café arábica no longo prazo.

Similar Articles

As raças leiteiras são as preferidas para melhoria genética e fazem crescer as vendas de sêmen

As raças leiteiras são as preferidas para melhoria genética e fazem crescer as vendas de sêmen 0

A procura por sêmen das raças leiteiras nacionais vem crescendo em 2017, registrando um aumento

Um encontro sobre indicação geográfica terá palestrantee internacionais

Um encontro sobre indicação geográfica terá palestrantee internacionais 0

No Brasil existem 62 produtos com Registro de Indicação Geográfica. As indicações são definidas atualmente

Feira Livre – Passe o fim de semana no friozinho de Gravatá.

Feira Livre – Passe o fim de semana no friozinho de Gravatá. 0

Oportunidade: alugo para fins de semana ou temporada -  apartamento tipo flat no edifício Gravatá, com

Uma semente de algodão resistente a herbicida já pode ser plantada pelo agricultor nordestino

Uma semente de algodão resistente a herbicida já pode ser plantada pelo agricultor nordestino 2

É a cultivar de algodão BRS 368 RF, uma variedade que tolera o herbicida Glifosato

Queda na safra de laranja brasileira reduz as exportações

Queda na safra de laranja brasileira reduz as exportações 0

  A redução na oferta de laranja registrada na safra 2016/2017, encerrada em 245,31 milhões de