Nordeste Rural | Homepage
Advertisement
[ X ]

Produzir leite a pasto pode ser mais econômico e lucrativo

🕔22.jun 2015

Pastejo-Rotativo-Irrigado-Vianopolis-2073-copyA produção intensiva de leite a pasto engloba uma série de processos e manejos, com adoção de alta tecnologia em todas as etapas. O pasto pode produzir 20 vezes ou mais de matéria seca do que uma pastagem extensiva tradicional, graças à adoção de adubação, de manejo geral correto, de animais de bom padrão genético e com ótimas condições de sanidade, de alimentação suplementar para seca, eliminando ou reduzindo significativamente a queda de produção e a entressafra. Tudo isso leva a altos índices de produtividade, com produção de 30 mil litros de leite por hectare, comparados com cerca de 1.500 litros por hectare no manejo extensivo tradicional.

Para o médico veterinário da Embrapa Pecuária Sudeste (São Carlos/SP), Marco Aurélio Bergamasch,é possível sim ter uma produção intensiva de leite a pasto com aumento da produtividade e sempre preservando o meio ambiente.  Segundo ele, outro benefício dos sistemas intensivos é a abordagem ambiental, pois a produção intensiva a pasto permite o aumento de produção por meio da produtividade, sem necessidade de mais terra e de derrubada de vegetação nativa. O manejo intensivo inclui ainda a adoção de boas práticas agropecuárias e do bem-estar animal. Este último, além da questão ética, é também fator de aumento da produção e da produtividade.

Segundo pesquisas da Embrapa Pecuária Sudeste, a adoção de tecnologias, processos e manejos que levam a altíssimas produtividades, não significa necessariamente que o produtor tenha de investir altos valores. O pequeno produtor familiar de leite pode ter acesso a todo esse pacote tecnológico, com orientação técnica e de maneira gradual, conforme comprovam diversas experiências  bem sucedidas, em vários Estados do Brasil, que utilizam, entre outros, os sistemas de produção intensiva de leite.

Similar Articles

Sementes de alface mais resistente ao calor

Sementes de alface mais resistente ao calor 0

São duas novas cultivares de alface que possuem mecanismos diferentes para burlar o calor e

Aumenta o uso do controle biológico nas lavouras brasileiras

Aumenta o uso do controle biológico nas lavouras brasileiras 0

O uso de biodefensivos agrícolas como estratégia de controle biológico de pragas e doenças tem

Cuidados para combater a raiva bovina

Cuidados para combater a raiva bovina 0

A doença atinge todos os mamíferos e animais silvestres. O principal transmissor da raiva é

Estudo mostra quais as melhores regiões para plantar algodão herbáceo

Estudo mostra quais as melhores regiões para plantar algodão herbáceo 0

O levantamento mostra as melhores áreas de plantio do algodão herbáceo para o Distrito Federal

Maior evento indoor do agronegócio nordestino já tem data para acontecer

Maior evento indoor do agronegócio nordestino já tem data para acontecer 0

É o 27º Agrinordeste que vai reunir expositores de onze estados brasileiros a partir do

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE