Nordeste Rural | Homepage
Advertisement

Produtores conhecem no Rio Grande do Norte a resistência da raça Sindi no semiárido

🕔22.nov 2018

Sindi RN

Foi um Dia de Campo programado pelo  Núcleo dos Criadores de Sindi do Rio Grande do Norte. A visita ocorreu  da Fazenda São Geraldo. A propriedade localizada na região de Apodi, no RN, pertence ao criador Jesualdo Marques. Os visitantes puderam ver de perto a qualidade do gado e verificar a condição muito favorável dos animais no Semiárido. Além do Sindi as atividades da São Geraldo abrangem a ovinocultura, com aproximadamente 500 cabeças, e integram um confinamento de bovinos e ovinos.

O propósito do Dia de Campo foi observar o projeto que mantém em 200 ha, sem tecnologia de irrigação, um reconhecido rebanho da raça Sindi, grande produção de sorgo, silagem e grão de sorgo para alimentação do gado.

“Essa visita foi muito interessante e produtiva. A fazenda está em um ambiente que tem precipitação média de 600 mm por ano e o Jesualdo consegue manter a oferta de alimento durante todos as estações. É muito interessante o sistema que usa o sorgo para o pastejo, para a produção de silagem e grãos, e como tudo funciona junto com o confinamento de ovinos e bovinos”, disse o diretor secretário da ABCSindi, Arthur Targino. Esse encontro dos criadores de Sindi do RN, teve como objetivo mostrar o manejo dos animais no período mais seco do ano e a sua viabilidade.

O anfitrião do encontro fala sobre os desafios da região e os resultados positivos do evento com a proposta de mostrar que é possível criar animais Sindi, de alto valor genético, numa região muito seca, sem o uso do artificialismo da irrigação. “Nossos objetivos eram mostrar os animais, as instalações e o que sobrou dos sorgos plantados no período chuvoso sem nenhuma maquiagem. Talvez tenha sido o que mais chamou a atenção dos criadores de Sindi e gerou mais comentários. Criar bovinos numa região muito quente, sofrida e em condições de sequeiro não é nada fácil, mas acho que conseguimos mostrar que isso possível, desde que se trabalhe com os animais e as culturas adequadas a este sistema produtivo. Se conseguimos mostrar que, acho que o principal objetivo do encontro foi cumprido, disse o criador Jesualdo Marques.

 

Similar Articles

Especialistas apostam em aumento de canaviais irrigados em 2019

Especialistas apostam em aumento de canaviais irrigados em 2019 0

A popularização da irrigação por pivô central está fazendo a diferença no que diz respeito

Pesquisadores avaliam crescimento na pecuária leiteira para 2019

Pesquisadores avaliam crescimento na pecuária leiteira para 2019 0

Melhora no cenário econômico e safra recorde de grãos devem fazer este ano ser de

Fechados os números do Valor da Produção de 2018

Fechados os números do Valor da Produção de 2018 0

O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) encerrou o ano de 2018 em R$ 569,8

A peste suína clássica pode ser combatida com bom alimentação para os animais

A peste suína clássica pode ser combatida com bom alimentação para os animais 0

O surgimento dos primeiros focos da peste suína no Brasil, em meados do ano passado,

O destaque brasileiro na produção mundial de goiaba e de maracujá-azedo

O destaque brasileiro na produção mundial de goiaba e de maracujá-azedo 0

Foto: Cati Na produção de goiaba, o estado de São Paulo vem se destacando com

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE