Nordeste Rural | Homepage
Advertisement

Prêmio para um programa de apoio ao produtor de leite

🕔17.out 2019

Prêmio balde cheioÉ o Programa Balde Cheio da Embrapa, criado há 21 anos, para facilitar a transferência de tecnologia para o produtor rural. Hoje o Balde cheio está em mais de 1200 propriedades em 13 estados brasileiros. Aproximadamente 200 profissionais estão em treinamento contínuo e contribuem para transformar fazendas leiteiras não lucrativas em propriedades rentáveis e sustentáveis.

O objetivo é capacitar profissionais de extensão rural em produção intensiva de leite, promover a troca de informações sobre aplicação de tecnologias e monitorar os impactos ambientais, econômicos e sociais nos sistemas de produção leiteira.

A capacitação e a troca de informações ocorrem na propriedade rural, transformada em sala de aula, chamada de unidade demonstrativa (UD). Também há aulas teóricas para extensionistas e produtores nas regiões deatuação do programa.

Este mês, o programa Balde Cheio, da Embrapa, recebeu o Prêmio LIDE Agronegócio, na categoria Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação. O Grupo de Líderes Empresariais do Agronegócio premiou além da Embrapa, o Centro de Cana IAC e a UNESP Botucatu na mesma categoria.

O pesquisador Artur Chinelato de Camargo, da Embrapa Pecuária Sudeste, foi quem recebeu a premiação. Para ele, idealizador e disseminador do Balde Cheio, o prêmio é o reconhecimento pelos anos de trabalho e pela contribuição ao agro brasileiro e para a vida dos pecuaristas, especialmente dos pequenos produtores rurais.

De acordo com a presidente do LIDE Agronegócio, Mônika Bergamaschi, a escolha se deu pelos expressivos resultados obtidos nesses 21 anos do programa. “Ciência transformada em tecnologia acessível e aplicável, para que os produtores melhorem a gestão, aumentem a produtividade e tenham rentabilidade na atividade leiteira”, disse. Para Mônika, o Balde Cheio é um exemplo de como capacitar a assistência técnica e sensibilizar os pecuaristas para o usodas tecnologias, práticas e processos agrícolas e zootécnicos. “O monitoramento contínuo das atividades tem demonstrado a importância e a abrangência do programa”, ressaltou.

Similar Articles

Já é Natal em Garanhuns, interior de Pernambuco

Já é Natal em Garanhuns, interior de Pernambuco 0

A abertura oficial do Natal em Garanhuns, a 272 quilômetros do Recife, foi no final

Fica mais fácil enfrentar a seca quando o pecuarista faz planejamento

Fica mais fácil enfrentar a seca quando o pecuarista faz planejamento 0

É importante o pecuarista se preparar para enfrentar a seca, planejando como vai alimentar o

Ministra diz que assistência técnica para pequeno produtor será prioridade em 2020

Ministra diz que assistência técnica para pequeno produtor será prioridade em 2020 0

As promessas da ministra Tereza Cristina, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, ocorreram no Congresso Brasileiro

Novo decreto regulamenta e simplifica o plantio de cana-de-açúcar

Novo decreto regulamenta e simplifica o plantio de cana-de-açúcar 0

O novo decreto revoga um anterior com restrições que impactavam "negativamente as usinas de açúcar

OS búfalos no Estado de Pernambuco: Décadas de História

OS búfalos no Estado de Pernambuco: Décadas de História 0

Por: Ricardo Pessoa – Professor da UFRPE   O professor Ponce de Leon Filho registrou que os

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE