Nordeste Rural | Homepage
[ X ]

Plantar leguminosas em floresta de eucalipto gera economia de fertilizantes

🕔25.jun 2017

floresta de eucaliptorPlantar leguminosas em consórcio com eucalipto elimina a necessidade de aplicação de adubo nitrogenado. Foi o que demonstrou estudo conduzido no campo experimental da Embrapa Agrobiologia (RJ). Os cientistas analisaram o impacto da leguminosa arbórea Acacia mangium na plantação de florestas de eucalipto. A produção de madeira foi similar à obtida com o monocultivo que recebeu adubação. A economia com fertilizantes foi em torno de R$ 500 por hectare, considerando uma aplicação de 100 quilos de nitrogênio por hectare nos plantios. “Ao combinar essas duas espécies, temos um custo menor de implantação, aumentamos a produção de biomassa e a diversidade de formas de vida no solo”, explica Guilherme Chaer, pesquisador da Embrapa e um dos responsáveis pelo estudo.

Além da economia com fertilizantes, outro fator positivo desse consórcio é que a curva de incremento em diâmetro das árvores mostra que o eucalipto não apresenta sinais de estagnação até os 60 meses, diferentemente do monocultivo. “Consequentemente, a idade de corte pode ser estendida, permitindo a produção, em prazo relativamente menor, de peças de eucalipto apreciadas pelo mercado de madeira serrada, no qual toras com maior diâmetro são requeridas e alcançam maior valor comercial”, explica o pesquisador.

 Os pesquisadores constataram, ainda, uma série de benefícios ecológicos, como o aumento do carbono, da fertilidade e da diversidade de microrganismos do solo. “Em parceria com pesquisadores do Instituto de Microbiologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, conseguimos constatar que, sob condições de consórcio, há uma maior diversidade de bactérias e fungos, que acelera a ciclagem de nutrientes do sistema, retroalimentando a floresta, que, por sua vez, cresce de forma mais eficiente”, argumenta Chaer.

A Acacia mangium é uma leguminosa arbórea originária da região nordeste da Oceania, mas muito usada no Sudeste Asiático para diversos fins. No Brasil, a espécie se espalhou por vários estados, especialmente por sua rusticidade e aptidão de se desenvolver em ambientes muito degradados. Mas o impacto do plantio consorciado de eucalipto com acácia era, até então, pouco conhecido. A pesquisa revela que, em solos pobres e de baixo nível de fertilidade, esse sistema de plantio apresenta os melhores resultados, ou seja, onde as espécies demonstram mais “complementariedade” do que “competição” entre elas. “A capacidade de fixar o nitrogênio do ar da espécie Acacia mangium é um exemplo dessa interação, e faz com que o aporte desse nutriente seja muito alto nos dois primeiros anos do plantio, o que acaba suprindo as plantas até o final do ciclo”, explica o pesquisador Fabiano Balieiro, da Embrapa Solos.

 

 

Similar Articles

Programa Garantia Safra beneficia mais de 37 mil produtores no Nordeste

Programa Garantia Safra beneficia mais de 37 mil produtores no Nordeste 0

A previsão é de que um total de 37.579 produtores de Pernambuco, Paraíba e Minas

Brasil pode ter uma colheita recorde para a próxima safra

Brasil pode ter uma colheita recorde para a próxima safra 0

Os estudos foram realizados pela Conab - Companhia Nacional de Abastecimento – que estima colheita

Receita – Sarapatel

Receita – Sarapatel 0

Por Foto do livro "História dos Sabores Pernambucanos" Maria Lectícia Monteiro Cavalcanti   INGREDIENTES: 2 kg de

Solos com erosão provocam perda de produtividade da superfície terrestre global

Solos com erosão provocam perda de produtividade da superfície terrestre global 0

O prejuízo pode atingir 23%, diz estudo da Plataforma Intergovernamental de Políticas Científicas sobre Biodiversidade

Feira Livre – Alugue: agora é para entrar no arrasta-pé do São João no friozinho de Gravatá.

Feira Livre – Alugue: agora é para entrar no arrasta-pé do São João no friozinho de Gravatá. 0

Oportunidade: alugo para fins de semana ou temporada -  apartamento tipo flat no edifício Gravatá, com

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE