Nordeste Rural | Homepage

Peste suína que ataca rebanho no Piauí é um risco para o criatório de Pernambuco

🕔12.abr 2019

porcosQuem faz o alerta é a Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro). A preocupação dos técnicos pernambucanos é por causa dos focos de peste suína clássica ocorridos no Piauí. A fiscalização do trânsito de animais na divisa de Pernambuco e Piauí será intensificada, principalmente em Afrânio e Marcolândia, com restrição a entrada desses animais. No início deste mês, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento confirmou um foco de Peste Suína Clássica no município de Lagoa do Piauí, que fica a 43 km da capital Teresina. A doença foi confirmada em uma propriedade que tinha 13 animais, destes, 07 morreram e os demais apresentavam sintomas da doença.

O foco no Piauí preocupa a Adagro, pois já é o segundo estado no Nordeste a apresentar a doença. O primeiro foi o Ceará que teve 44 focos da doença. Todos os animais com suspeita da doença já foram sacrificados como medida preventiva para que a doença não se espalhe. “Pernambuco não tem registro da doença, mas fazemos divisa com o Ceará e o Piauí e é preciso ficar atento, principalmente ao comércio desses animais em feiras de gado e aos criatórios de fundo de quintal ou animais soltos na rua” alertou o Diretor de Defesa e Inspeção Animal, Fernando Góes. A proibição do trânsito com os dois estados será mantida por tempo indeterminado.

A peste suína clássica é uma doença viral contagiosa, com mortalidade elevada, que afeta suínos domésticos e selvagens. Não oferece riscos à saúde humana e nem afeta outras espécies. Os principais sintomas da doença são: lesões hemorrágicas (manchas avermelhadas) na pele e extremidades (membros, orelhas, focinho e cauda), febre alta, constipação intestinal seguida de diarreia, vômito, sinais nervosos (tremores nas patas), conjuntivite, problemas reprodutivos (aborto, natimorto e repetição de cio), falta de apetite e fraqueza.

O produtor pernambucano deve ficar atento e qualquer suspeita deve ser comunicada na Adagro mais próxima. Pernambuco tem mais de 730 mil suínos cadastrados.

Similar Articles

Perdas na safra de milho do Rio Grande do Sul mostra crescimento nos pedidos de seguro rural

Perdas na safra de milho do Rio Grande do Sul mostra crescimento nos pedidos de seguro rural 0

Foram registrados 6.719 comunicados de perdas pela seca no RS. Mais da metade (54,5%) foram

Carne bovina promove crescimento da receita do agronegócio brasileiro

Carne bovina promove crescimento da receita do agronegócio brasileiro 0

Em janeiro de 2020, as Exportações de carne bovina tiveram alta de 9,84%, promovendo receitas

Balanço positivo para os custos de produção de suínos e de frangos de corte em 2019

Balanço positivo para os custos de produção de suínos e de frangos de corte em 2019 0

Os custos de produção de suínos e de frangos de corte calculados pela CIAS, a

Novo mercado para a exportação da carne bovina brasileira

Novo mercado para a exportação da carne bovina brasileira 0

O pais que confirmou a compra de carne bovina brasileira é o Kuwait, que foi

Serra Gaúcha, no verão,  estimula turismo para ver a colheita da uva

Serra Gaúcha, no verão, estimula turismo para ver a colheita da uva 0

colheita da uva na Serra Gaúcha acontece de janeiro a março e os turistas podem

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE