Nordeste Rural | Homepage
[ X ]

Pequeno produtor pode ganhar mais fazendo um plantio de bananeira orgânica

🕔09.jan 2016

banana orgânicaPara os especialistas, a bananeira é a cultura que mais fácil pode se adaptar ao sistema orgânico de produção. “Cerca de dois terços de toda a fitomassa da bananeira retorna para o solo, ou seja, ela restitui quase 70% do que produz”, afirma Ana Lúcia Borges, pesquisadora da Embrapa Mandioca e Fruticultura (BA).

No Brasil, estima-se que apenas 0,5% da área colhida de banana esteja sob monocultivo orgânico, ou seja, em torno de 2.400 hectares. De acordo com dados de 2014 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), dentre todas as frutas produzidas no Brasil, a banana ocupa o segundo lugar em área colhida (aproximadamente 485 mil hectares), produção (cerca de 6,9 milhões de toneladas) e consumo aparente por habitante (30 kg/ano).

Para ser considerado orgânico, o produtor deve usar técnicas ambientalmente sustentáveis e não pode utilizar agrotóxicos nem adubos químicos solúveis, que devem ser aplicados rigorosamente de acordo com as instruções para que não haja excesso em relação à capacidade de absorção das plantas e, a longo prazo, não tragam danos ao ecossistema.

Para ser regularizado, existem três opções: certificação por um Organismo da Avaliação da Conformidade Orgânica (OAC) credenciado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), organização em grupo ou cadastramento no Mapa para realizar a venda direta sem certificação. Além disso, pode seguir o sistema orgânico de produção para a cultura da banana, organizado pela Embrapa, que está na segunda edição. A publicação reúne informações técnicas sobre estabelecimento da cultura, preparo da área, seleção de variedades e mudas, práticas culturais, manejos de doenças, nematoides, insetos e ácaros, além dos manejos na colheita e pós-colheita, com base nos regulamentos aprovados para a produção orgânica.

Segundo a pesquisadora, a exportação de banana orgânica brasileira vem crescendo nos últimos anos. O destaque fica para produtos processados, como a banana passa proveniente do Projeto Jaíba, em Minas Gerais, e exportada, principalmente para a União Europeia e os Estados Unidos. “Além das exigências que os agricultores devem atender para exportação, somam-se os requisitos para certificação orgânica, institucionalizados por órgãos internacionais, o que confere garantia adequada ao produto”.

 

 

Similar Articles

A escolha da semente do milho hibrido é importante para a melhor produtividade do plantio

A escolha da semente do milho hibrido é importante para a melhor produtividade do plantio 0

Chegou a hora em que os produtores brasileiros de milho precisam se preparar para o

Hidrogel com base na nanotecnologia libera água e nutrientes gradualmente na lavoura

Hidrogel com base na nanotecnologia libera água e nutrientes gradualmente na lavoura 0

Pesquisadores desenvolveram um novo fertilizante à base de hidrogel modificado, capaz de reunir em um

Amantes da gastronomia vão poder aproveitar todas as novidades da Agrinordeste este ano

Amantes da gastronomia vão poder aproveitar todas as novidades da Agrinordeste este ano 0

Maior evento indoor do agronegócio no Norte e Nordeste, o Agrinordeste projeta Pernambuco no roteiro

Egito abre a possibilidade de negócios para comprar produtos lácteos brasileiros

Egito abre a possibilidade de negócios para comprar produtos lácteos brasileiros 0

“Essa é uma grande notícia que nós esperávamos. Foram muito rápidas as negociações e a

Diplomada mais uma turma de técnicos em agronegócio no Agreste de Pernambuco

Diplomada mais uma turma de técnicos em agronegócio no Agreste de Pernambuco 0

O trabalho é do Senar/PE - Serviço Nacional de Aprendizagem Rural . A formatura da

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE