Nordeste Rural | Homepage

Organização Mundial da Saúde Animal reconhece estados brasileiros como zonas livres da peste suína

🕔27.mai 2015

ok-suinosSão dois estados  que irão receber o reconhecimento de zona livres da peste suína clássica: Rio Grande do Sul e Santa Catarina. O reconhecimento vai ocorreu nesta quinta feira, 28 de maio, durante a 83ª Sessão Geral da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), em Paris, na França.  Em fevereiro, a Comissão Científica da OIE aprovou o extenso relatório brasileiro que solicitava o reconhecimento da área como zonas livres de peste suína clássica.

Com isso , o Ministério da Agricultura espera que Rio Grande do Sul e Santa Catarina aumentem suas vendas de carne suína para o exterior. Atualmente, os dois estados já respondem por 68% das exportações do produto brasileiro. “Este é motivo de comemoração para o agronegócio brasileiro. O reconhecimento internacional de zona livre de peste suína clássica demonstra a responsabilidade e o cuidado que o Brasil tem mantido na área de defesa sanitária”, celebrou a ministra Kátia Abreu.

Durante sua participação na OIE, a ministra Katia Abreu, apresentará aos demais países as ações voltadas para segurança sanitária previstas no Plano de Defesa Agropecuária, lançado pela presidente Dilma Rousseff no último dia 6. Além disso, a ministra destacará o trabalho que o Brasil e o restante dos países sul-americanos têm feito para tornar a América um continente livre da febre aftosa. A fim de atingir esse objetivo, a Embrapa deverá assinar com o governo da Venezuela um acordo de cooperação para erradicação da doença naquele país.

 

Similar Articles

Perdas na safra de milho do Rio Grande do Sul mostra crescimento nos pedidos de seguro rural

Perdas na safra de milho do Rio Grande do Sul mostra crescimento nos pedidos de seguro rural 0

Foram registrados 6.719 comunicados de perdas pela seca no RS. Mais da metade (54,5%) foram

Carne bovina promove crescimento da receita do agronegócio brasileiro

Carne bovina promove crescimento da receita do agronegócio brasileiro 0

Em janeiro de 2020, as Exportações de carne bovina tiveram alta de 9,84%, promovendo receitas

Balanço positivo para os custos de produção de suínos e de frangos de corte em 2019

Balanço positivo para os custos de produção de suínos e de frangos de corte em 2019 0

Os custos de produção de suínos e de frangos de corte calculados pela CIAS, a

Novo mercado para a exportação da carne bovina brasileira

Novo mercado para a exportação da carne bovina brasileira 0

O pais que confirmou a compra de carne bovina brasileira é o Kuwait, que foi

Serra Gaúcha, no verão,  estimula turismo para ver a colheita da uva

Serra Gaúcha, no verão, estimula turismo para ver a colheita da uva 0

colheita da uva na Serra Gaúcha acontece de janeiro a março e os turistas podem

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE