Nordeste Rural | Homepage
Advertisement
[ X ]

O vinho e seu valor
Por Fernando Tony

🕔28.jul 2015

Olá, queridos enófilos!

 

Vinhos-Finos-de-AltitudeAlgumas informações sobre o vinho podem decepcionar, mas também podem agradar muito mais os enófilos de plantão, o que não se pode é furtar tais informações e em se tratando de tecnologia ela pode ser uma solução, mas também se não funcionar pode ser um problema e ela faz parte SIM da elaboração do nobre fermentado, do nécta de Baco, ou simplesmente do vinho, porém, ao contrario do que se pode pensar, a tecnologia NÃO encarece o vinho, ela apenas contribui com o sucesso ou fracasso do mesmo.

O que eu quero dizer com isso é que o vinho barato tem pouca fruta e muita tecnologia e o vinho de maior valor tem muita fruta, muita mão do homem (quase artesanal) e pouca tecnologia.

Vamos entender isso melhor e no final darei algumas dicas que facilitarão a escolha do vinho de final de semana, então vamos lá:

Assim como o leite o vinho tem suas categorias, no caso do leite existem os desnatados, os semidesnatados e os integrais, quando se trata de vinho utilizamos os termos LEVE, MEDIO CORPO e ENCORPADOS e isso tem valor. No caso do leite, desnatar é o mesmo que tratar o vinho, porem com o vinho é o contrario, quanto mais integral melhor, ou seja, quanto mais uva, DE QUALIDADE, mais nutrientes, mas é claro que as uvas têm que ter além da sua qualidade, também tem que ter suas características e benefícios naturais proporcionados pelo solo, clima, tratamento, etc. é que chamamos de “terroir”, e isso, evidentemente, tem um preço.

Portanto, vamos tentar agrupar os vinhos se baseando no fator qualidade/preço e desta forma direcionamos a utilização deles;

  • Vinho de R$ 25,00 é bom para festas já que a proposta é apenas bebe-lo e não degusta-lo.
  • Vinho de R$ 50,00 está indicado para almoços e reuniões de negócios, já que o convidado merece respeito e existe a possibilidade de se fechar bons acordos.
  • Vinho de R$ 75,00 recomendo para realizar harmonizações, posto que não há nada pior que se comer bem com vinho ruim
  • Vinho de R$ 100,00 acima eu proponho sempre para uma data comemorativa, um ocasião marcante, e para isso o vinho também deve ser inesquecível.

Lembre-se que vinho é uma bebida que se bebe menos porem melhor, porque a vida é muito curta para se beber vinho ruim.

Para concluir, quero deixar dicas para simplificar na hora de preparar um encontro entre amigos e familiares regado a vinho.

Não esqueça que tudo se baseia no prato principal, ou seja, se for frutos do mar ou peixe, tente fazer entradas leves para que o vinho branco que acompanha o prato principal seja apenas a evolução do vinho servido na entrada e desta forma você minimiza a possibilidade de erro, isso para o dia do branco.

O mesmo serve para quando o prato principal for à base de carne, daí já se pode servir um tinto leve que acompanhe uma entrada e depois se passa para um vinho com um pouco mais de peso, isso para a noite tinta.

A sobremesa também deve ser acompanhada com vinhos da mesma tonalidade. TIPO; Espumante Brut, Sauvignon Blanc ou Charddonnay, Sauternes ou Espumante rosê, pinot noir ou merlot, vinho do porto (ruby).

A regra é do mais leve para o mais pesado e do mais jovem para o mais maduro, Ok? Então, tim tim, saúde e até a próxima!

 

Fernando Antonio de Queiroz Fonseca Jr.

(TONY )

Similar Articles

Um festival vai homenagear mais uma vez o Vinho Madeira

Um festival vai homenagear mais uma vez o Vinho Madeira

É a conhecida Festa do Vinho realizada na Ilha da Madeira desde 1970. O encontro

Congresso Mundial da Vinha e do Vinho é em Genebra

Congresso Mundial da Vinha e do Vinho é em Genebra

A Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV) promove esta semana o 42º Congresso

Acaba de ser lançado o anuário da Cachaça brasileira em 2019

Acaba de ser lançado o anuário da Cachaça brasileira em 2019

O documento tem como objetivo principal tornar público os dados de registro de estabelecimentos e

Uma experiência inesquecível para os amantes do vinho

Uma experiência inesquecível para os amantes do vinho

Agora será possível fazer o próprio vinho, A ideia é da Vinícola Miolo que resolveu

Terras milenares para produção de vinhos. Vamos conhecer os Vinhedos da Turquia

Terras milenares para produção de vinhos. Vamos conhecer os Vinhedos da Turquia

O país é o quinto maior de uvas e vinhos do mundo. A Turquia tem

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE