Nordeste Rural | Homepage
Advertisement
[ X ]

O vinho da primavera

Por Fernando Tony

🕔29.set 2015

Olá, amigos enófilos!

Chegou a estação das flores, eu diria das rosas, ou melhor, dos rosés. Esta é a estação onde os aromas prevalecem e por isso tudo tende a ficar menos robusto, menos pesado, e mais romântico.

A primavera nos leva a tudo de charmoso e elegante, por isso se inicia com um belo espumante rosé e vai até a pinot noir, tudo para agradar as mulheres e assim deixar o mundo mais romântico.

Então vejamos, como fazer uma tarde/noite com tudo rosa? Que tal levar sua companhia para almoçar e desde já pedir de entrada canapés de camarões pré-cozidos e um espumante rosé nacional; em seguida uma lagosta com um bom rosé também nacional e, por fim, algo que leve cobertura de frutas vermelhas como morangos e cerejas.

A segunda opção seria um carpaccio de salmão de entrada, em seguida um salmão em crostas de amêndoas com risoto de queijo não muito forte e pra finalizar creme de papaia (hummm…)

Imagino que devam estar se perguntando onde entraria o pinot noir nessa história e eu os lembrarei, caros amigos, que não podemos esquecer que este vinho elaborado com esta delicada, sensível e elegante uva nada mais é que o mais pesado dos rosés e o mais leve dos tintos e, assim sendo, podemos utilizá-lo com todos os pratos acima (não com as sobremesas), mas depende da variação dos molhos.

Também temos que raciocinar da seguinte forma: estamos saindo do escuro para o claro, do inverno para o verão e a estação das flores, das rosas e dos rosés, está apenas começando.

Portanto, ainda podemos tomar um bom merlot, se porventura a noite esfriar ou quando surgir um prato mais robusto ou uma massa de molho marcante. O importante é não esquecer que estamos entrando na estação mais romântica do ano e que agora, mais do que nunca, a vez é da alma feminina ou da sensibilidade masculina, como queiram. Digo isso, para que sempre que o cardápio chegar não esqueçamos nunca da nossa companhia.

Logo, saiam do óbvio, surpreendam-se, inovem, há sim bons vinhos roses, tanto espumantes como vinhos tranquilos, inclusive nacionais. Não esqueçam do buquet de rosas, pois as rosas fazem o vinho ser ainda mais bem vindo.

Que seja sempre bem vinda a primavera, as rosas e os rosés. Tim Tim!

 

Fernando Antonio de Queiroz Fonseca Jr.

TONY

Similar Articles

Um livro grátis para ensinar o produtor a controlar o ataque de plantas daninhas sem usar agroquímicos

Um livro grátis para ensinar o produtor a controlar o ataque de plantas daninhas sem usar agroquímicos 0

“Controle de plantas daninhas: métodos físico, mecânico, cultural, biológico e alelopatia” é o título do

Alagoas vai ganhar novas barragens subterrâneas para melhorar o sustento do agricultor

Alagoas vai ganhar novas barragens subterrâneas para melhorar o sustento do agricultor 0

O Semiárido brasileiro abrange nove estados, entre eles Alagoas. O grande problema, segundo estudos da

Feira Livre – Alugue: agora é para entrar no arrasta-pé do São João no friozinho de Gravatá.

Feira Livre – Alugue: agora é para entrar no arrasta-pé do São João no friozinho de Gravatá. 0

Oportunidade: alugo para fins de semana ou temporada -  apartamento tipo flat no edifício Gravatá, com

Empresas do agronegócio convocadas a participar do programa Selo de Integridade do Ministério da Agricultura

Empresas do agronegócio convocadas a participar do programa Selo de Integridade do Ministério da Agricultura 0

O selo é um prêmio de reconhecimento concedido pelo ministério a empresas e cooperativas do

Receita – Semifreddo de café e pistache

Receita – Semifreddo de café e pistache 0

INGREDIENTES: 4 ovos 120g + 1 colher (sopa) de açúcar 80ml de café coado forte 80g de pistache cru

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE