Nordeste Rural | Homepage

O peixe tilápia será usado no combate às larvas do Aedes aegypti

🕔17.fev 2016

peixe tilápiaA iniciativa é da Codevasf em Pernambuco, que iniciou uma ação de combate ao Aedes aegypti, mosquito vetor de doenças como a Dengue, a Chikungunya e a do vírus Zika. A ideia é inserir peixes que se alimentam de larvas do mosquito em locais onde ocorreu acúmulo de água da chuva e formaram-se pequenos lagos, para que esses peixes as eliminem. Segundo o superintendente regional da Codevasf, Luciano Albuquerque, essa é uma ação realizada em parceria com a prefeitura municipal de Petrolina. “Inicialmente nós estamos fornecendo 10 mil alevinos. Posteriormente poderemos fornecer mais. A prefeitura irá entrar com a parte logística, identificando os pontos de alagamento com foco do mosquito e levando os alevinos até esses locais”, afirma.

De acordo com o engenheiro de pesca da Codevasf em Pernambuco Rozzano Figueiredo, estudos comprovam que peixamentos como esse são importantes aliados na eliminação de larvas de mosquitos. “Nós estamos usando alevinos de tilápia, que é uma espécie bastante resistente a baixos níveis de oxigênio e a altas temperaturas, e que se alimenta de larvas de mosquitos. Além disso, era a espécie que tínhamos em maior quantidade e em condições ideais no Centro de Recursos Pesqueiros. Como essa é uma ação urgente, não poderíamos esperar que outras espécies se desenvolvessem para que pudéssemos iniciar esse trabalho”, explica.

A expectativa da Codevasf e da prefeitura de Petrolina é de que sejam realizados novos peixamentos caso haja mais áreas com necessidade de alevinos ou os locais alagados permaneçam assim por muito tempo.

 

Similar Articles

As raças leiteiras são as preferidas para melhoria genética e fazem crescer as vendas de sêmen

As raças leiteiras são as preferidas para melhoria genética e fazem crescer as vendas de sêmen 0

A procura por sêmen das raças leiteiras nacionais vem crescendo em 2017, registrando um aumento

Um encontro sobre indicação geográfica terá palestrantee internacionais

Um encontro sobre indicação geográfica terá palestrantee internacionais 0

No Brasil existem 62 produtos com Registro de Indicação Geográfica. As indicações são definidas atualmente

Feira Livre – Passe o fim de semana no friozinho de Gravatá.

Feira Livre – Passe o fim de semana no friozinho de Gravatá. 0

Oportunidade: alugo para fins de semana ou temporada -  apartamento tipo flat no edifício Gravatá, com

Uma semente de algodão resistente a herbicida já pode ser plantada pelo agricultor nordestino

Uma semente de algodão resistente a herbicida já pode ser plantada pelo agricultor nordestino 2

É a cultivar de algodão BRS 368 RF, uma variedade que tolera o herbicida Glifosato

Queda na safra de laranja brasileira reduz as exportações

Queda na safra de laranja brasileira reduz as exportações 0

  A redução na oferta de laranja registrada na safra 2016/2017, encerrada em 245,31 milhões de