Nordeste Rural | Homepage

Medidas para prevenir a gripe aviária no Brasil

🕔23.jul 2015

ok-avesO país nunca registrou qualquer caso da doença mas o governo não quer se descuidar e estimula os produtores a reforçar medidas de segurança já implementadas .   A recomendação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) – distribuiu aos Estados e produtores nota com recomendações para redução do risco de introdução do vírus da gripe aviária – influenza aviária (IA) – por aves migratórias em decorrência de casos nos Estados Unidos e do início do período de migração de aves do Hemisfério Norte para o Hemisfério Sul.

O objetivo do comunicado com recomendações sanitárias aos Serviços Veterinários Oficiais (SVOs) dos estados e da União, aos produtores de aves e ao público em geral, é reforçar as medidas que possam impedir a entrada da doença no pais. O Mapa recomenda que as entidades desenvolvam ações de educação sanitária e avaliação clínica e epidemiológica nas propriedades com aves, além do treinamento de Grupos de Emergências Estaduais, entre outras medidas.

O setor produtivo deverá restringir a entrada de veículos, que deverão ser limpos e desinfetados antes do ingresso nas granjas. As empresas também deverão intensificar o controle de pragas, entre roedores e insetos, e a orientação aos trabalhadores quanto às medidas de biossegurança em geral e para o manuseio de animais doentes.

Todos os eventuais casos de síndrome respiratória grave entre trabalhadores deverão ser notificados aos serviços oficiais de saúde pública. Ao público em geral, a recomendação é evitar contato com aves silvestres ou domésticas doentes ou encontradas mortas. Caso isso ocorra, deve-se lavar bem as mãos com água e sabão e trocar as roupas antes de qualquer contato com aves sadias.

Os criadores de aves, comerciais ou não, devem reforçar as boas práticas e cuidados de biossegurança, evitando o contato com outras aves e também com aves silvestres. Qualquer ocorrência de mortalidade anormal ou doença com sinais compatíveis com a influenza aviária devem ser notificados ao Serviço Veterinário Oficial da unidade da Federação. Já os casos suspeitos de infecção de humanos por vírus da influenza aviária devem ser notificados imediatamente à vigilância epidemiológica da secretaria do município, estado ou diretamente ao Ministério da Saúde.

 

Similar Articles

Os cuidados que devem ser tomados para ter água de qualidade nas cisternas rurais

Os cuidados que devem ser tomados para ter água de qualidade nas cisternas rurais 0

A captação e o armazenamento das águas de chuva são questões chave nas estratégias dos

O uso de alimentos alternativos para garantir as características das galinhas caipiras

O uso de alimentos alternativos para garantir as características das galinhas caipiras 0

Foto: Nutriaves Os alimentos alternativos são aqueles que usualmente não compõem as dietas da galinhas,

Pernambucano ganha dinheiro vendendo insetos para alimento de animais

Pernambucano ganha dinheiro vendendo insetos para alimento de animais 0

O comércio de insetos no Brasil está em crescimento e não é de agora que

As vantagens do pastejo integrado entre ovinos e bovinos

As vantagens do pastejo integrado entre ovinos e bovinos 0

Foto: Capri Virtual Praticada em várias partes do mundo, a exploração integrada tem em sua

Receita – Drink maracujack

Receita – Drink maracujack 0

INGREDIENTES:   50 ml de whiskey Jack Daniel’s Meio maracujá 1 colher de sopa de açúcar Refrigerante Citrus   MODO DE FAZER:   Em

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE