Nordeste Rural | Homepage
/

Mais renda para o agricultor explorando o cultivo de tilápias em gaiolas

🕔08.set 2015

tilapia em gaiolasA tilápia é um peixe de água doce muito conhecido na região Nordeste. Ele temcarne branca cresce muito rapidamente, além de ser resistente a doenças e a baixos níveis de oxigênio na água. As tilápias comem de folhas verdes a larvas de outros peixes, além de restos de batata doce, mandioca, milho e frutas. Mas, se alimentada com boa ração comercial, elas podem atingir o tamanho ideal ao final de quatro meses.

Atualmente, a maioria dos criatórios de tilápia é feito em viveiros, mas esse peixe também pode ter o cultivo feito em gaiolas. Essa forma alternativa de criação desses peixes tem alguns benefícios. Os animais podem ser criados em muitos ambientes, como açudes, lagoas, rios e canais. Além disso, as gaiolas permitem que uma grande quantidade de tilápias seja cultivada em um curto espaço.

 

Similar Articles

Duas sementes de mandioca adaptadas para o nordeste e principalmente a região do recôncavo baiano

Duas sementes de mandioca adaptadas para o nordeste e principalmente a região do recôncavo baiano 0

A recomendação dos pesquisadores da Embrapa é para o uso de duas variedades de mandioca

A falta de cuidado contra o ataque de vermes prejudica a pecuária brasileira

A falta de cuidado contra o ataque de vermes prejudica a pecuária brasileira 0

A presença de vermes (nematoides) gastrointestinais nos rebanhos de corte e leite pode trazer uma

Alerta aos agricultores contra o ataque do mofo-branco e a antracnose na lavoura de feijão

Alerta aos agricultores contra o ataque do mofo-branco e a antracnose na lavoura de feijão 0

O mofo-branco é uma das principais doenças da cultura do feijão e pode causar perdas

Nova pesquisa assegura: sombra no pasto não favorece o aumento da verminose no rebanho de corte

Nova pesquisa assegura: sombra no pasto não favorece o aumento da verminose no rebanho de corte 0

A incidência de verminoses em gado de corte em sistema silvipastoril (pecuária-floresta) não é maior

Especialistas brasileiros se preparam para bloquear a entrada de vinte pragas que prejudicam as lavouras

Especialistas brasileiros se preparam para bloquear a entrada de vinte pragas que prejudicam as lavouras 0

O bloqueio a vinte pragas consideradas prioritárias pelos prejuízos econômicos que podem causar, já começou

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE