Nordeste Rural | Homepage
Advertisement
[ X ]

Hipologia (Segredos da relação homem x cavalo)

🕔21.out 2014

hipologiaPor
Paulo Guilhon*

Qual seria o termo? Doma? Desbaste? Iniciação…?
A terminologia difere conforme aspectos de variada natureza. Acirradas discussões têm ocorrido com o intuito de fazer prevalecer este ou aquele termo e as justificativas que os embasam. Seja qual for a denominação conferida ao processo aqui abordado vejo-me incumbido de oferecer referências, não só pelo envolvimento direto com a atividade em pauta, mas sobretudo devido às constantes indagações rotineiramente encaminhadas por adeptos do cavalo.

O assunto, a meu ver, requer o reconhecimento da indiscutível subjetividade sugerida pelos modos de relacionamento homem/cavalo. Os princípios que regem as técnicas de criação, manejo e treinamento de cavalos são gerais, todavia, os meios para obtenção dos resultados pretendidos são pessoais. Este, o mais relevante fator/causa das infindáveis polêmicas eqüestres.

Façamos análises. O que é a equitação? Será possível encontrar diferentes respostas satisfatórias a tal pergunta. Pessoalmente entendo-a como linguagem de comunicação. Um código a ser reconhecido, assimilado e traduzido pelas partes que o utilizam. Linguagem singular, espetacular, empreendida entre duas espécies distintas, uma racional, outra irracional, com finalidades diversas.

O homem propõe situações. Cria contextos com variações das mais simples às mais complexas. Sugere parceria, hierarquiza-a em favor próprio. Estabelece metas, persegue-as. Arquiteta engenhos, cria exercícios. Extrai deles, movimentos, ritmos, velocidades: figuras! Captura vontades, dirige-as!
O cavalo dispõe-se mediante inevitável conquista. Serve ao conquistador. Recebe sinais, aprende a decodificá-los. Corresponde às sugestões. Oferece músculos, tensões e distensões; articulações, poderoso sistema de alavancas e suas flexões; ânimos, ímpetos, submissão.

A comunicação é estabelecida. O diálogo torna-se visível mesmo no silêncio e sutileza das trocas. Fusão de corpos, comunhão de interesses, cumplicidade comportamental. Esporte, ciência ou arte? Quaisquer dessas faces apresentam-se na apreciação do “centauro” devidamente constituído. Equitação é o código, a linguagem. Doma é a busca pelo estabelecimento dela entre nós e o cavalo.

Será possível ao homem desabilitado à prática dessa linguagem, ou seja, carente dos alicerces que fundamentam reconhecimento e domínio da mesma, apresentá-la e torná-la assimilável a terceiros, sejam eles homens ou cavalos? Dedicação aos estudos teóricos, e prática assídua dos conceitos recomendáveis, dão norte às aspirações dos que pretendam acessar o cavalo por meio dessa linguagem há muito engendrada, e aperfeiçoada ao longo dos tempos por equitadores de todas as épocas.

O equitador qualificado terá maiores probabilidades de êxito na iniciação de cavalos ao reconhecimento da equitação, pelo fato de estar munido de conhecimentos (teóricos e práticos) que lhe permitam a transmissão do código de comunicação, sem os percalços decorrentes da ausência desse requisito.

São em bom número as obras legadas por autores que versam sobre o tema equitação. Afirmativa igual refere-se a equitadores de nível superior em atuação contemporânea. Resta aos aspirantes, motivados por verídico interesse, o gesto de buscá-los e digeri-los.

*Hipólogo
pguilhoncavalos@yahoo.com.br

Similar Articles

Pastagens mais verdes e produtivas com adubação foliar

Pastagens mais verdes e produtivas com adubação foliar

Quatro tratamentos comparativos foram testados, pelo Grupo de Pesquisa em Forragicultura (GEPFOR) da UFU, liderado

Como calcular o que os animais da fazenda consomem de água

Como calcular o que os animais da fazenda consomem de água

A fórmula é simples e fácil de fazer. O produtor pode calcular consumo de água

As fábricas de rações podem ser mais rentáveis aumentando o acompanhamento no processo de produção

As fábricas de rações podem ser mais rentáveis aumentando o acompanhamento no processo de produção

Assegurar um produto de qualidade é, hoje, um dos principais desafios das inúmeras fábricas de

Produtos de origem animal inspecionados em Pernambuco podem ser comercializados em todo o pais

Produtos de origem animal inspecionados em Pernambuco podem ser comercializados em todo o pais

Foto Uninassau O estado de Pernambuco obteve o reconhecimento de equivalência do serviço de inspeção

Uma técnica cirúrgica inédita recupera potro puro sangue inglês de deformidade óssea

Uma técnica cirúrgica inédita recupera potro puro sangue inglês de deformidade óssea

Escola do Cavalo Uma técnica de cirurgia veterinária inovadora pode salvar a vida de equinos

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE