Nordeste Rural | Homepage
Advertisement
[ X ]

Cuidados na produção de leite: garantia de um alimento seguro

🕔29.jun 2015

ordenha mecânicaA contaminação do leite pode ocorrer por diversos fatores, entre eles, a ordenha sem higiene, a conservação inadequada do produto, doenças no gado e nos trabalhadores que manipulam o leite, entre outros fatores. A pesquisadora Lea Chapaval, da Embrapa Pecuária Sudeste, em São Carlos, interior de São Paulo, destaca a importância do controle da qualidade do leite, principalmente na fase da ordenha. “É muito importante a manutenção de uma rotina de ordenha.”, afirma Lea, explicando que esta rotina envolve desde a definição de um horário específico para ordenhar as vacas, até a utilização de desinfetante antes e depois da ordenha, além de cuidados que garantam uma entrada e saída tranquila das vacas da sala de ordenha, entre outros procedimentos.

O leite de vaca cru pode agir como veículo transmissor de determinadas doenças. Sem que o produtor rural perceba, seu principal produto pode conter microrganismos contaminantes. Por isso, é importante saber as recomendações para produzir o leite de forma higiênica com menores riscos de transmissão.

A pasteurização é um instrumento eficaz para combater as doenças, mas é insuficiente se não houver padrões elevados de higiene desde o princípio da cadeia de produção. Com a pasteurização, doenças antes comuns como tuberculose, brucelose, listeriose e febre  tornaram-se raras. No entanto, nos últimos anos houve diversos surtos mundiais de microrganismos passíveis de serem veiculados pelo leite, como as salmoneloses, as colibaciloses, as listerioses, as campilobacterioses, as micobacterioses e as iersinioses. Além disso, ainda é significativo o consumo de leite cru e a preparação de produtos com leite não pasteurizado, principalmente fora dos grandes centros urbanos.

Ficando atento e aderido às boas práticas de produção de leite, com especial cuidado na higienização do processo de ordenha e no armazenamento adequado do produto, o produtor torna seu leite seguro, livre de riscos de doenças. A pesquisadora Lea Chapaval destaca ainda que não se deve tomar o leite cru direto da teta da vaca, porque este pode estar contaminado por bactérias que causam doenças aos seres humanos.

 

Similar Articles

Cuidados para combater a raiva bovina

Cuidados para combater a raiva bovina 0

A doença atinge todos os mamíferos e animais silvestres. O principal transmissor da raiva é

Estudo mostra quais as melhores regiões para plantar algodão herbáceo

Estudo mostra quais as melhores regiões para plantar algodão herbáceo 0

O levantamento mostra as melhores áreas de plantio do algodão herbáceo para o Distrito Federal

Maior evento indoor do agronegócio nordestino já tem data para acontecer

Maior evento indoor do agronegócio nordestino já tem data para acontecer 0

É o 27º Agrinordeste que vai reunir expositores de onze estados brasileiros a partir do

Receita – Empadão Sertanejo

Receita – Empadão Sertanejo 0

INGREDIENTES: Massa 3 xícaras de Farinha de Trigo Finna 250 g de margarina 1 gema 3 colheres de sopa de

Previsão de recorde na produção de grãos na safra 2018/2019

Previsão de recorde na produção de grãos na safra 2018/2019 0

Em comparação com a safra anterior, o crescimento será de 6% ou 13,7 milhões de

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE