Nordeste Rural | Homepage

Cresce a produção de algodão agroecológico no nordeste

🕔02.jan 2015

algodão agroecologicoDesde 2006, no Estado da Paraíba, pesquisadores da Embrapa Algodão juntamente com produtores, estão produzindo o algodão agroecológico. O projeto, desenvolvido no assentamento de Queimadas, município de Remígio, começou com 18 famílias e atualmente conta com mais de 50. A iniciativa valoriza o conhecimento dos produtores, que acrescentam às descobertas da pesquisa a experiência acumulada ao longo de anos trabalhando com lavouras de algodão. Muitos deles encontram meios naturais de enfrentar pragas e doenças, que é justamente o princípio do cultivo agroecológico.

Aliando produtividade com a preocupação de preservar o meio ambiente, pequenos produtores do sertão da Paraíba já estão adotando o algodão agroecológico como novo modelo de produção. Nesta forma de cultivo, o produtor dispensa completamente os agrotóxicos e adubos químicos, o que é vantajoso e gratificante, pois contribui para a preservação do meio ambiente e da saúde dos trabalhadores.

Segundo o pesquisador da Embrapa Algodão, Melchior Batista, a idéia do cultivo agroecológico é permitir a convivência da planta com as pragas, inclusive com o bicudo do algodoeiro, a principal desta cultura. Para o agrônomo José Sales Júnior, diretor-presidente da organização não-governamental Arribação, ONG parceira da Embrapa no projeto de cultivo do algodão agroecológico “O importante neste projeto é que ele chega para valorizar o que já está sendo feito pela comunidade, como as experiências em relação aos espaçamentos, à época de plantio e a convivência com o bicudo”, afirma.

 

 

Similar Articles

Organização Mundial de Saúde Animal deve reconhecer o Brasil livre de aftosa com vacina

Organização Mundial de Saúde Animal deve reconhecer o Brasil livre de aftosa com vacina 0

O Comitê Científico da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) recomendou que o Brasil seja

Começa a fiscalização para venda do pescado na Semana Santa

Começa a fiscalização para venda do pescado na Semana Santa 0

O trabalho dos fiscais tem a orientação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e

Árvore na janela

Árvore na janela 0

A imagem inédita se repetiu. Mais uma árvore crescendo em lugar inapropriado. Desta vez foi

Adubo verde in natura com aproveitamento de uma leguminosa do cerrado

Adubo verde in natura com aproveitamento de uma leguminosa do cerrado 0

A camaratuba – cratylia argente – tem como uma de suas características a fixação biológica

Atenção para os donos de granjas de avicultura

Atenção para os donos de granjas de avicultura 0

Para facilitar o controle sanitário das granjas de todo o Brasil, o Ministério da Agricultura,

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE