Nordeste Rural | Homepage

Convênio entre o Governo Federal e Estaduais permite ampliar serviços de Assistência Técnica no campo

🕔18.abr 2017

aterApós 25 anos, o Governo Federal retoma os investimentos nas entidades publicas estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), as Emateres. A Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), através da Agencia Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater), levará o serviço para 10 mil famílias dos Estados Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraná, Rio Grande do Sul, Rondônia, São Paulo e Distrito Federal. Já foi assinado Pacto Nacional pelo Fortalecimento da Ater com os representantes de cada Estado.

O Pacto Nacional Pelo Fortalecimento da Ater é um compromisso público entre o Governo Federal e governos estaduais com objetivo de ampliar a abrangência e a qualidade da assistência técnica ofertada aos agricultores familiares. A Sead, por meio de um Contrato de Gestão, ficará responsável por aportar recursos financeiros à Anater, que firmará instrumentos específicos com cada Estado.

“Na primeira etapa vamos beneficiar 10 mil famílias. A expectativa é ampliar a ação para todo território nacional. A Anater será responsável pelas estratégias e prioridades, assim como o acompanhamento das metas estabelecidas para execução do serviço. O serviço público brasileiro de Ater conta com mais de 16 mil extensionistas, verdadeiros agentes de transformação que aliam ação técnica e políticas públicas para levar desenvolvimento ao campo. A Ater uma prioridade do Governo Federal”, explica o secretário da Sead, José Ricardo Roseno.

Em contrapartida, as instituições estaduais devem comprometer-se com a execução dos valores e com a garantia da autonomia para realizar o serviço de Ater. A Anater estabelecerá um Grupo de Trabalho, formado por representantes dos pactuantes, para elaborar os indicadores de resultados fixados os Estados.

 

 

Similar Articles

Novas técnicas de cultivo podem incluir a macaúba como fonte de renda para o agricultor

Novas técnicas de cultivo podem incluir a macaúba como fonte de renda para o agricultor 0

Produzir agroenergia e alimentos na mesma área pode ser um negócio lucrativo e viável. É

Primeiro centro de manejo racional para bovinos de corte no Brasil

Primeiro centro de manejo racional para bovinos de corte no Brasil 0

O Centro de manejo racional de bovinos de corte é uma nova infraestrutura, viabilizada pela

Pesquisadores trabalham para domesticar a macaúba no nordeste

Pesquisadores trabalham para domesticar a macaúba no nordeste 0

A palmeira ainda é uma planta em processo de domesticação. Ou seja, há carência de

O agricultor pode fazer treinamentos em três cursos sem sair de casa

O agricultor pode fazer treinamentos em três cursos sem sair de casa 0

Três novos cursos de ensino à distância com foco em temas do agronegócio foram lançados

Feira Livre – Passe o fim de semana no friozinho de Gravatá.

Feira Livre – Passe o fim de semana no friozinho de Gravatá. 0

Oportunidade: alugo para fins de semana ou temporada -  apartamento tipo flat no edifício Gravatá, com

http://www.flashppt.com/images/tangramone.swf