Nordeste Rural | Homepage

Conheça os vinhos mais caros do mundo

🕔23.ago 2018

vinhos gargaloO vinho é uma bebida muito amada em todo o mundo. Essa admiração vai bem além de simplesmente abrir uma garrafa e degustar seu conteúdo, já que esse universo é repleto de particularidades e detalhes que o tornam ainda mais especial. Isso faz com que cada rótulo tenha a sua própria personalidade, que passa pelas uvas utilizadas em sua produção, o quão cedo ou tarde elas foram colhidas, o tempo de fermentação, corpo, teor alcoólico e muitos outros detalhes.

Alguns vinhos requintados custam bem mais do que você imagina, e pode ter certeza que muita gente paga o preço com prazer para ter uma verdadeira experiência enóloga, com rótulos que podem custar milhares de reais.

Vários fatores influenciam no preço de um vinho, como o tempo que eles demoram para atingir sua maturidade, a região de produção, a quantidade de garrafas de cada safra, as uvas utilizadas e as avaliações dos críticos.

Veja abaixo uma relação dos vinhos mais caros do mundo:

1º)  Château Petrus 2000 (França) – R$ 26.834vinho mais caro - Petrus 1

Uvas colhidas manualmente durante a tarde, para que a umidade da manhã não interfira na qualidade dos bagos. Fermentação prévia em cubas de cimento e posterior em barricas novas de carvalho francês.

Esse é um processo muito cauteloso, que ajuda a entender o valor do Château Petrus, safra 2000. Não é à toa que ele é um mito, um dos mais raros – e também mais caros – do mundo dos vinhos.

Com 98 pontos de Wine Enthusiast e 97 pontos de Robert Parker, esse é um rótulo com aroma de frutas maduras e carnudas, até notas especiais e de chocolate, que se combinam em um bouquet simplesmente encantador.

A harmonização desse rótulo é ótima com carnes e pratos da alta gastronomia, mas não é de se espantar se quem for consumí-lo quiser ter uma experiência individual, apenas a pessoa, o vinho, o decanter e a taça, para eternizar esse momento na história.

 

2º) Château Petrus 2014 (França) – R$ 13.900

 

Se a safra 2000 foi um grande sucesso, era de se esperar que ele se repetisse em outros pontos da história, e o Château Petrus 2014 é a prova tão esperada de que as casas que sabem fazer bons vinhos não se esquecem disso. Com características muito similares ao seu irmão mais velho, embora com menos tempo de vida, recomenda-se que o vinho repouse em sua garrafa por, pelo menos, 10 anos, uma espera que valerá a pena.

 

A máxima de que vinhos melhoram conforme ficam mais velhos não se aplicam a todos os casos, mas esse é um dos que confirmam a afirmação, já que pode evoluir por décadas e se tornar uma bebida ainda mais fantástica do que já é.

Todas as suas características renderam uma avaliação de 95 pontos de Wine Spectator a esse rótulo.

 

3º) Pingus 2014 (Espanha) – R$ 10.290

 

Você já deve ter ouvido falar que existem pontuações para os vinhos, de acordo com o seu sabor, analisado cautelosamente pelos críticos mais famosos de todo o mundo. Essa classificação também ajuda na valorização dos rótulos. O tinto espanhol Pingus sabe muito bem disso, já que recebeu 100 pontos, ou seja, a nota máxima, de dois críticos super conhecidos: James Suckling e Robert Parker.

Esse é, sem sombra de dúvidas, um dos vinhos mais incríveis de todo o mundo. Parte do preço tão alto se dá pela escassez da safra, já que as uvas Tempranillo usadas são provenientes de apenas 5 hectares, com rendimento de 1.100 litros cada.

Considerado um vinho de garagem, apenas 500 caixas foram produzidas e distribuídas pelo mundo. O resultado é um sabor indescritível, capaz de agradar, literalmente, até os paladares mais críticos.

 

4º) Château Lafite Rothschild 1999 (França) – R$ 8.493vinho mais caro - lafite

 

A França possui rótulos incríveis, desenvolvidos com tudo aquilo que deve estar presente em um vinho de ponta, e o Château Lafite Rothschild é o exemplo perfeito. Com uma encantadora cor rubi e notas de frutas silvestres, café e amêndoas, o aroma é um caso à parte, capaz de abrir o paladar da melhor maneira possível para receber os goles deste ótimo vinho.

Na boca, ele apresenta um sabor complexo, que lembra a frutas silvestres picantes. Certamente, quem experimentar esse tinto jamais se esquecerá dele. O crítico Robert Parker deu 95 pontos a esse vinho incrível.

 

5º) Pingus 2012 (Espanha) – R$ 7.677vinho mais caro - Pingus 1

 

O Pingus safra 2012 é mais uma das obras-primas de Dominio de Pingus. Com processo de produção similar ao que vimos anteriormente, a diferença é que essa safra é 2 anos mais antiga. As parreiras foram plantadas no ano de 1929, ou seja, são 83 anos de história engarrafados em 750ml de uma bebida simplesmente maravilhosa, que serve como objeto de desejo para os amantes de vinho de todo o mundo.

Essa safra recebeu nota máxima de Robert Parker, o que com certeza ajuda a valorizar o rótulo e torná-lo ainda mais exclusivo e especial.

 

Quem não é um especialista no mundo dos vinhos pode achar que é um tanto exagerado pagar um valor tão alto por uma garrafa, mas acredite, não é. Esses são exemplares que se destacam em todo o mundo por seu sabor, aroma e todas as demais características. Além disso, no momento de abrir o vinho, inalar seu aroma e sentir o sabor delicioso, as cifras são apenas um detalhe.

Se você deseja passar por essa experiência e degustar rótulos de renome internacional, saiba que eles estão entre os melhores vinhos online, que com certeza farão seu paladar ficar arrepiado de tanto sabor e história a cada gole.

 

Similar Articles

Um curso de aprimoramento para médicos veterinários

Um curso de aprimoramento para médicos veterinários 0

As inscrições para o curso de Pós-Graduação – Aprimoramento em Medicina Veterinária, já estão abertas.

Um alerta aos produtores contra uma nova ameaça aos coqueirais e dendezeiros

Um alerta aos produtores contra uma nova ameaça aos coqueirais e dendezeiros 0

Os cientistas identificaram a possibilidade da chegada de um besouro que pode entrar no País

Como padronizar frutas e hortaliças para vender um bom produto

Como padronizar frutas e hortaliças para vender um bom produto 0

A manutenção da qualidade e a redução de perdas na comercialização de frutas e hortaliças

Um projeto para o cerrado que estimula o consórcio de fruteiras com lavouras

Um projeto para o cerrado que estimula o consórcio de fruteiras com lavouras 0

A proposta desse projeto realizado em Goiás integra o que é chamado de Sistema Agroflorestal

A Feira Internacional da Mandioca será este mês no Brasil

A Feira Internacional da Mandioca será este mês no Brasil 0

Polo da maior região produtora de mandioca para fins industriais do Brasil, a cidade de

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE