Nordeste Rural | Homepage
Advertisement

Conheça tudo sobre a bebida mais brasileira de todas

🕔15.ago 2018

alambiqueA denominação de origem da Cachaça é o Brasil. A bebida tem cerca de 500 anos de história e já foi chamada de muitas formas diferentes. O nome “cachaça” é uma conquista do produtor brasileiro, como explicam João Almeida e Leandro Dias, autores do livro Os segredos da cachaça (Editora Alaúde).

Ao longo de todos esses anos, a Cachaça enfrentou muito debate e controvérsias, daí  terem surgidos os mitos e verdades sobre a bebida.  Entre as muitas dúvidas, uma das mais discutidas é como se deve tomar a cachaça. A verdade é que, assim como qualquer outro destilado, a cachaça deve ser tomada em pequenos goles e não na forma de shot, ou seja, de uma vez só. No caso da cachaça, há um motivo ainda melhor para se tomar bem devagar, já que a bebida pode ser envelhecida em mais de trinta tipos de madeiras, cada uma passando uma complexidade sensorial diferente.

Veja outros temas para conferir o que é, de fato Mito e o que é Verdade:

1 – A Cachaça é uma coisa e pinga é outra?

MITO. O nome “pinga” é apenas mais uma denominação da cachaça entre os milhares devidamente registrados. O consumidor acostumou-se a chamar o que é bom de cachaça e o que é ruim de pinga, o que não é verdade. O termo pinga surgiu do processo de produção da cachaça, mais precisamente no momento da destilação, quando o vapor se transforma em líquido e começa a “pingar” no alambique, ou seja, começa a destilar a cachaça.

2 – Tomei uma cachaça feita em outro País.

MITO. Você pode ter tomado uma boa aguardente, porque a cana-de-açúcar se adapta muito bem em vários países de clima tropical, tornando sua produção em outros países viável bastando para isso dominar as técnicas de fermentação e destilação. Se sua intenção é apreciar nossa boa cachaça, rejeite imitações, pois ela é uma denominação brasileira.

3 – Cachaça deve ser tomada em copo de vidro?

VERDADE. O primeiro aspecto que se deve observar na degustação de uma cachaça é o visual. A bebida precisa ter limpidez, transparência, cristalinidade, e essas características só podem ser vistas através do vidro transparente. Nesse caso, os autores de Os segredos da Cachaça, recomendam a taça padrão ISSO, vendida em qualquer loja especializada do ramo, o que vai melhorar muito a experiência sensorial.

4 – Cachaça boa é a mais cara?

MITO. É claro que uma cachaça bem produzida – e feita com zelo –, aquela que agrega a história de um alambique e tem uma proposta de marketing diferenciada, com um bom rótulo e uma boa garrafa, terá a tendência de custar mais caro. Mas há muitas opções no mercado com valores mais em conta, que cabem em todos os bolsos. Nesse caso, saber identificar uma boa cachaça faz toda diferença.

 

Similar Articles

A possibilidade de bons negócios leva o produtor rural correr aos bancos e aumentar o volume de contratação do crédito agrícola

A possibilidade de bons negócios leva o produtor rural correr aos bancos e aumentar o volume de contratação do crédito agrícola 0

As contratações de crédito agrícola, no primeiro bimestre do Plano Agrícola e Pecuário 2018/19, tiveram

Entenda as diferenças de bovinos criados em confinamento e os criados a pasto

Entenda as diferenças de bovinos criados em confinamento e os criados a pasto 0

É no campo que quase tudo acontece, com a alimentação do animal cumprindo papel determinante

Os benefícios da castanha-do-brasil para a saúde humana

Os benefícios da castanha-do-brasil para a saúde humana 0

Versátil e nutritiva, a castanha-do-brasil ou castanha-do-pará, um dos produtos mais comuns e famosos da

Controle da plantação de mandioca no semiárido usando o sistema de produção agroecológica

Controle da plantação de mandioca no semiárido usando o sistema de produção agroecológica 0

O sistema de produção agroecológico visa o resgate de práticas agrícolas já conhecidas pelos produtores,

Aprenda a cultivar e processar a colheita da erva-doce

Aprenda a cultivar e processar a colheita da erva-doce 0

A erva-doce é uma planta cultivada em quase todo o Brasil. Na Região Nordeste, o

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE