Nordeste Rural | Homepage
Advertisement

Cai a produção nacional de café

🕔06.out 2015

caféA redução foi de 7% se comparada com a produção de café do ano passado. A previsão de colheita para 2015 é de 42,15 milhões de sacas. As causas dessa redução se deve aos fatores climáticos mais uma vez tiveram reflexos na produção brasileira de café. As temperaturas extremamente elevadas e chuva abaixo da média afetaram o desenvolvimento vegetativo da lavoura do grão, principalmente em Minas Gerais e Espírito Santo, que representam 75% da produção nacional. Os números constam do terceiro levantamento da safra, divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

O diretor de Política Agrícola e Informações da Conab, João Marcelo Intini, considera a situação preocupante porque a cultura do café está sujeita às influências climáticas. “Mas, ao mesmo tempo, é uma cultura que também reage positivamente e se recupera bem em condições favoráveis.” Exemplo disso, assinala Intini, é o Paraná, que teve incremento de 116,6% em relação à safra anterior, alcançando 1,2 milhão de sacas do grão. “O parque cafeeiro no estado se beneficiou com o clima favorável durante o ciclo produtivo, garantindo boa formação dos frutos. As chuvas que ocorreram em volume satisfatório também beneficiaram a granação e a maturação dos frutos.”

Espírito Santo teve queda de 19% na produção, saindo de 12,8 milhões de sacas de café, principalmente da espécie conilon, em 2014, para 10,3 milhões de sacas este ano. “A baixa produção e produtividade se refletirão na renda dos cafeicultores capixabas”, analisa o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, André Nassar. “Apesar do cenário favorável do ponto de vista do mercado, temos que acompanhar a capacidade de pagamento dos financiamentos contratados”, disse o secretário.

Maior produtor de café arábica, Minas Gerais apresenta uma retração de 3,5% na safra deste ano, estimada em 21,8 milhões de sacas. O destaque ficou por conta da Zona da Mata Mineira, com aumento de 26,4% e uma produção de 6,7 milhões de sacas.

 

Similar Articles

Organização Mundial de Saúde Animal deve reconhecer o Brasil livre de aftosa com vacina

Organização Mundial de Saúde Animal deve reconhecer o Brasil livre de aftosa com vacina 0

O Comitê Científico da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) recomendou que o Brasil seja

Começa a fiscalização para venda do pescado na Semana Santa

Começa a fiscalização para venda do pescado na Semana Santa 0

O trabalho dos fiscais tem a orientação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e

Árvore na janela

Árvore na janela 0

A imagem inédita se repetiu. Mais uma árvore crescendo em lugar inapropriado. Desta vez foi

Adubo verde in natura com aproveitamento de uma leguminosa do cerrado

Adubo verde in natura com aproveitamento de uma leguminosa do cerrado 0

A camaratuba – cratylia argente – tem como uma de suas características a fixação biológica

Atenção para os donos de granjas de avicultura

Atenção para os donos de granjas de avicultura 0

Para facilitar o controle sanitário das granjas de todo o Brasil, o Ministério da Agricultura,

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE