Nordeste Rural | Homepage
Advertisement
[ X ]

Bem trabalhados os resíduos do coqueiro se transformam em um excelente adubo orgânico

🕔12.out 2018

residuos do coqueiro trituradoO produtor rural que tem plantio de coqueiro, pode muito bem aproveitar o chamado resíduos do coqueiro para transformá-lo em adubo orgânico.  Folhas que caem das plantas, cachos após a colheita dos frutos e as cascas do coco são resíduos do coqueiro, também chamados de coprodutos. A pesquisadora da Embrapa Tabuleiros Costeiros (Aracaju/SE), Maria Urbana Corrêa Nunes, destaca que os coprodutos devem ser triturados em máquinas especiais ou cortados e depois colocados em leiras de compostagem. Após o processo de fermentação, o resultado é um adubo orgânico de boa qualidade. Para ela, “após a colocação nesse material em leiras na forma de camadas começa a fermentação e ocorre todo o processo de compostagem pela ação dos  microorganismos, o que irá resultar em um adubo orgânico de boa qualidade”, ressalta a pesquisadora.

Ela explica que o controle da umidade e da temperatura é fundamental para obtenção do adubo orgânico. Maria Urbana explica que “Para aumentar a temperatura no interior da leira se faz o reviramento, manualmente, com uso de enchada. Para esfriar, é preciso colocar mais água”. Com relação à umidade, a pesquisadora explica que o ideal é mantê-la em torno de sessenta por cento.

Já para o melhor benefício desta tecnologia, é aconselhável a aquisição de uma máquina para triturar a casca do coco. A sugestão é que os produtores se organizem em cooperativas e adquiram o maquinário. O adubo orgânico pode ser utilizado em covas na hora do plantio, em canteiros de hortaliças e plantas medicinais e também em adubação de cobertura – por exemplo, 20 dias após o plantio de alface, pode-se colocar o adubo orgânico espalhado e incorporado entre as plantas. Pode-se utilizar também em fruteiras e outras plantas perenes “O adubo orgânico melhora a estrutura e a fertilidade do solo, o desenvolvimento de raízes, além de fornecer nutrientes para plantas, tornando-as mais tolerantes a pragas e doenças”, destaca Maria Urbana Corrêa Nunes.

Similar Articles

Cuidados para combater a raiva bovina

Cuidados para combater a raiva bovina 0

A doença atinge todos os mamíferos e animais silvestres. O principal transmissor da raiva é

Estudo mostra quais as melhores regiões para plantar algodão herbáceo

Estudo mostra quais as melhores regiões para plantar algodão herbáceo 0

O levantamento mostra as melhores áreas de plantio do algodão herbáceo para o Distrito Federal

Maior evento indoor do agronegócio nordestino já tem data para acontecer

Maior evento indoor do agronegócio nordestino já tem data para acontecer 0

É o 27º Agrinordeste que vai reunir expositores de onze estados brasileiros a partir do

Receita – Empadão Sertanejo

Receita – Empadão Sertanejo 0

INGREDIENTES: Massa 3 xícaras de Farinha de Trigo Finna 250 g de margarina 1 gema 3 colheres de sopa de

Previsão de recorde na produção de grãos na safra 2018/2019

Previsão de recorde na produção de grãos na safra 2018/2019 0

Em comparação com a safra anterior, o crescimento será de 6% ou 13,7 milhões de

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE