Nordeste Rural | Homepage

Atenção especial ao visitante garante sucesso do primeiro dia da Agrinordeste

🕔25.set 2019

O público que foi ao pavilhão do Centro de Convenções de Pernambuco, onde está instalado o 27º Agrinordeste fui surpreendido por um ótimo atendimento e fácil orientação para a facilitar a visita por todas as instalações da feira. Ou entrar, o visitante vai ser atendido em vários guichês para receber suas credenciais de acesso.  Existe atendimento para quem só vai visitar a feira e ao lado, atendimento para quem vai participar de um dos 86 seminário e palestras que acontecem durante todos os três dias da feira.  Já de posse do crachá identificado, o visitante também recebe panfletos com mapas que orientam as ruas e espaços onde estão localizados os boxes de serviços e produtos.

No primeiro dia, os lugares mais procurados foram o local do “Sabor do Campo”, onde acontecem as oficinas com os chefs de cozinha, ensinando os diversos pratos regionais e comidas caseiras requintadas. O outro local foi a Arena Agrinordeste onde especialistas dão aulas de como fazer uma doma racional para equinos e como fazer o adestramento de cães. O público gostou muito. Dona Suely Nogueira, veio de Paulista e disse que ficou entusiasmada com as aulas de cozinha, onde aprendeu a fazer alguns tipos de caldinho. Já o produtor rural, Ernesto Santos de Tacaimbó, ficou mais interessado nas orientações de como tratar um cavalo na hora de preparar o animal para uso. Ele disse que nunca tinha visto falar de que se domava cavalo com carinho e respeito pelo animal.

No passeio pelos 9 mil metros quadros da feira, o visitante, mais uma vez vai se surpreender. Encontra de queijos regionais temperados, como o coalho defumado, que se aproxima do sabor do queijo provolone ou barras gigantes de doces com amendoim, ameixa e leite. Mas não fica por aí, também há oferta de cachaças refinadas, cortes especiais de carne de cordeiro, licores e bolos vindos de algumas cidades do interior de Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte.

O Agrinordeste não esqueceu da turma jovem. No espaço “Moda Country o público vai encontrar os novos modelos do estilo e participar de desfiles com as novas tendências do segmento. E o melhor de tudo, todos os produtos, com preços especiais e bem mais baratos porque não passam pelas mãos dos atravessadores. Vão direto do produtor para o consumidor. O queijo de coalho, por exemplo, pode ser encontrado a R$ 15,00 o quilo.

Para o presidente da Faepe, Pio Guerra, que organiza o Agrinordeste pelo vigésimo ano consecutivo, o principal objetivo do evento é “unir os interesses do campo com a cidade, promovendo melhoria de renda para o produtor e mais conforto e qualidade para o consumidor”.

O 27º Agronordeste continua hoje e vai até amanhã, no Centro de Convenções de Pernambuco. Nesta quarta feira, destaque para o Show de Churrasco onde o visitante vai aprender a fazer o melhor churrasco. O Agrinordeste começa às 9 horas da manhã e vai até às 21 horas. E o melhor de tudo, quem quiser participar, não paga nada para entrar.

 

Foto: Juliana Lombardi

 

Similar Articles

Perdas na safra de milho do Rio Grande do Sul mostra crescimento nos pedidos de seguro rural

Perdas na safra de milho do Rio Grande do Sul mostra crescimento nos pedidos de seguro rural 0

Foram registrados 6.719 comunicados de perdas pela seca no RS. Mais da metade (54,5%) foram

Carne bovina promove crescimento da receita do agronegócio brasileiro

Carne bovina promove crescimento da receita do agronegócio brasileiro 0

Em janeiro de 2020, as Exportações de carne bovina tiveram alta de 9,84%, promovendo receitas

Balanço positivo para os custos de produção de suínos e de frangos de corte em 2019

Balanço positivo para os custos de produção de suínos e de frangos de corte em 2019 0

Os custos de produção de suínos e de frangos de corte calculados pela CIAS, a

Novo mercado para a exportação da carne bovina brasileira

Novo mercado para a exportação da carne bovina brasileira 0

O pais que confirmou a compra de carne bovina brasileira é o Kuwait, que foi

Serra Gaúcha, no verão,  estimula turismo para ver a colheita da uva

Serra Gaúcha, no verão, estimula turismo para ver a colheita da uva 0

colheita da uva na Serra Gaúcha acontece de janeiro a março e os turistas podem

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE