Nordeste Rural | Homepage

Áreas naturais bem conservadas ajudam no desenvolvimento do turismo de natureza

🕔08.out 2019

turismo ruralDuas iniciativas em andamento na Mata Atlântica e no Pantanal têm demonstrado que grandes remanescentes naturais em bom estado de conservação representam uma oportunidade única para impulsionar a economia regional. Além disso, os patrimônios cultural e histórico dessas regiões também são ativos importantes para fomentar o turismo e despertar o interesse em proteger e gerir adequadamente as áreas naturais. A Grande Reserva Mata Atlântica e o Alto Pantanal têm como base a metodologia desenvolvida pelo biólogo espanhol Ignácio Jiménez-Pérez, apresentada no livro Produção de Natureza: Parques, Rewilding e Desenvolvimento Local, lançado neste mês no Brasil.

O conceito de “Produção de Natureza” foi desenvolvido por Jiménez-Pérez quando trabalhou na Conservation Land Trust (CLT) ao longo de 13 anos no projeto de Esteros Del Iberá, na Argentina. A proposta defende que a produção da natureza seja a base para o desenvolvimento econômico e social de áreas que preservam importantes patrimônios naturais. Dessa forma, a natureza passa a oferecer produtos e atrativos para serem comercializados de forma sustentável pelo ecoturismo.

Apesar das características singulares do Brasil, dados da Organização Mundial do Turismo (OMT) apontam que as taxas de crescimento do turismo internacional no País foram de 0,6%, em 2017, e 0,5%, em 2018. Já no Peru e na Argentina, segundo informações do Ministério do Comércio Exterior e Turismo do Peru e do Instituto Nacional de Estatística e Censos da Argentina, o crescimento em 2018 foi de 10% e 7,5%, respectivamente. Além disso, cada turista gastou, em média, US$ 53,96 por dia durante a passagem pelo Brasil, sendo que os três destinos mais procurados têm a natureza como um forte ponto em comum: Rio de Janeiro (atraindo 29,7% dos turistas), Florianópolis (17,1%) e Foz do Iguaçu (12,9%).

O trabalho desenvolvido por Jiménez-Pérez estimulou o lançamento de dois movimentos no Brasil que prezam pelo desenvolvimento territorial a partir da conservação da natureza e dos atrativos turísticos, históricos e culturais que pequenos municípios localizados em meio a grandes áreas naturais oferecem.

O Brasil abriga a maior biodiversidade mundial, cerca de 20% das espécies do planeta. Dessas, a Mata Atlântica – bioma cujo território foi reduzido a 7% da sua cobertura original, segundo dados do Ministério do Meio Ambiente – concentra 35% da biodiversidade vegetal nacional, além de cerca de 850 espécies de aves, 370 de anfíbios, 200 de répteis, 270 de mamíferos e 350 de peixes. “A conservação da natureza não é um empecilho para o desenvolvimento, mas sim um meio econômico que gera uma série de bens e serviços de qualidade, com alto valor agregado. Os atrativos naturais e culturais são oportunidades para geração de emprego e renda, principalmente para os jovens, que se sentirão motivados a permanecerem no local onde nasceram e cresceram”, explica o diretor executivo da Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental (SPVS), instituição idealizadora da Grande Reserva Mata Atlântica, Clóvis Borges.

 

Similar Articles

Perdas na safra de milho do Rio Grande do Sul mostra crescimento nos pedidos de seguro rural

Perdas na safra de milho do Rio Grande do Sul mostra crescimento nos pedidos de seguro rural 0

Foram registrados 6.719 comunicados de perdas pela seca no RS. Mais da metade (54,5%) foram

Carne bovina promove crescimento da receita do agronegócio brasileiro

Carne bovina promove crescimento da receita do agronegócio brasileiro 0

Em janeiro de 2020, as Exportações de carne bovina tiveram alta de 9,84%, promovendo receitas

Balanço positivo para os custos de produção de suínos e de frangos de corte em 2019

Balanço positivo para os custos de produção de suínos e de frangos de corte em 2019 0

Os custos de produção de suínos e de frangos de corte calculados pela CIAS, a

Novo mercado para a exportação da carne bovina brasileira

Novo mercado para a exportação da carne bovina brasileira 0

O pais que confirmou a compra de carne bovina brasileira é o Kuwait, que foi

Serra Gaúcha, no verão,  estimula turismo para ver a colheita da uva

Serra Gaúcha, no verão, estimula turismo para ver a colheita da uva 0

colheita da uva na Serra Gaúcha acontece de janeiro a março e os turistas podem

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE