Nordeste Rural | Homepage
Advertisement

Alerta para os produtores de banana: os nematoides podem destruir a plantação

🕔14.dez 2015

bananeira 1Os nematoides são parasitas que afetam diversos aspectos relativos à produção da bananeira, causando atraso na emissão do pendão floral, má formação dos cachos, menor número de frutos, menor peso médio dos cachos e, consequentemente, menor rendimento por área. “Para o produtor, o prejuízo financeiro é grande, pois o tamanho dos frutos interfere fortemente no preço pelo qual o produto é vendido”, explica o agrônomo Dimmy Barbosa, pesquisador da Embrapa Mandioca e Fruticultura.

Para o pesquisador Dimmy Barbosa ,  “Geralmente o controle químico por meio de nematicidas é a medida mais utilizada pelos produtores, mas os produtos são caros e perigosos ao homem e ao meio ambiente. Já o controle biológico é uma alternativa sustentável para a cultura porque não contamina, não desequilibra o meio ambiente nem deixa resíduos, além de ser barato e de fácil aplicação”, afirma.

A adubação orgânica gera condições apropriadas para que os fungos e bactérias predadoras dos nematoides se desenvolvam.  O resíduo do processamento da mandioca, conhecido como manipueira, do processamento do sisal e o esterco de animais também estão sendo usados nos experimentos da Embrapa.

Para outro pesquisador  da Embrapa, Zilton Cordeiro, existem outras ameaças fitossanitárias para a bananicultura.  “Atualmente, os problemas mais preocupantes são a sigatoka-negra, a raça 4 tropical de Fusarium, fungo causador do mal-do-Panamá, e a bacteriose causada por Xanthomonas”, afirma Cordeiro. Esta última resulta em murcha permanente e até na morte da planta. Os principais sintomas são murcha e amarelecimento de folhas, amadurecimento prematuro do cacho, apodrecimento dos frutos e descoloração de vasos. Já a sigatoka-negra é a mais grave doença da cultura, provocando perdas de 100% na produção de variedades suscetíveis, e a raça 4 tropical de Fusarium afeta a maioria das variedades da cultura da banana cultivadas no País e não tem controle, diferentemente das sigatokas e de outras doenças.

 

 

Similar Articles

Uma cultivar de arroz própria para cultivo em vários estados do nordeste

Uma cultivar de arroz própria para cultivo em vários estados do nordeste 0

É o arroz vermelho desenvolvida, pela primeira vez, no Brasil através dos pesquisadores da Embrapa.

Produtor perde menos usando suplementos granulados na dieta bovina

Produtor perde menos usando suplementos granulados na dieta bovina 0

Em um trabalho de pesquisa, cientistas da Embrapa Gado de Corte (MS) testaram alternativas para

Mudam as regras para produção de leite aos fornecedores das indústrias credenciadas pelo governo

Mudam as regras para produção de leite aos fornecedores das indústrias credenciadas pelo governo 0

As mudanças foram publicadas no Diário Oficial da União, nas Instruções Normativas (INs) 76 e

Justiça toma posição e canavieiros resolvem voltar ao trabalho

Justiça toma posição e canavieiros resolvem voltar ao trabalho 0

Na audiência de conciliação entre os trabalhadores e os empresários do Setor, no Tribunal Regional

A liderança mundial do Brasil na produção de café

A liderança mundial do Brasil na produção de café 0

A Maior produtor e exportador de café, e segundo maior consumidor do mundo, o Brasil

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE