Nordeste Rural | Homepage
Advertisement
[ X ]

A tradicional batata doce pode ser produzida para fabricação de chips

🕔26.fev 2017

Sweet potato chipsO desenvolvimento de cultivares de batata-doce mais apropriadas para uso industrial, destinadas à produção de chips é um dos focos do programa de melhoramento genético da Embrapa Hortaliças (DF). Com as novas oportunidades de mercado, a pesquisa busca obter materiais genéticos recomendados para o processamento industrial e, assim, agregar valor e fomentar o consumo com base na versatilidade desse alimento.

Além de mirar o incremento do potencial produtivo e a obtenção de maior percentual de raízes com valor comercial − aspectos que interessam o setor produtivo, o programa também prevê análises de viabilidade para uso industrial, como testes de pós-colheita, e sensoriais para avaliar a aceitação das cultivares pela indústria e pelos consumidores, como explica a pesquisadora Larissa Vendrame, líder do programa de melhoramento: “os nichos de mercados também devem ser considerados, a exemplo da tradição do doce de batata-doce roxa nos estados de Minas Gerais e São Paulo, e dos suplementos alimentares à base desse produto”. Nesse sentido, cada vez mais o aspecto nutricional da batata-doce conquista segmentos de público, principalmente por conter carboidratos de baixo índice glicêmico com liberação lenta no organismo, que mantém, por mais tempo, a sensação de saciedade.

A pesquisadora acredita que o próprio programa de melhoramento genético vai fornecer subsídios e informações necessárias para a seleção das características mais importantes para a qualidade do processamento industrial. Contudo, ela adianta: “a cultivar deverá apresentar produtividade, resistência às pragas, capacidade de armazenamento, uniformidade de formato e tamanho, resistência ao esfolamento na colheita e na lavagem e, principalmente, bom desempenho nos seguintes aspectos − matéria seca, cor da polpa, sabor e textura”.

Embora a espécie seja originária das Américas, na época do descobrimento do continente e das grandes navegações, a batata-doce ganhou o mundo e, atualmente, são os países asiáticos que despontam com altos índices de produtividade, em virtude, principalmente, do nível tecnológico adotado pelo setor produtivo. Nos últimos anos, a média brasileira tem girado em torno de 13 toneladas por hectare, enquanto na Ásia, especialmente na China, os números atingem valores até três vezes maiores.

 

Similar Articles

Congresso brasileiro do algodão reúne mais de dois mil participantes

Congresso brasileiro do algodão reúne mais de dois mil participantes 0

O 12° Congresso Brasileiro do Algodão, que será realizado de 27 a 29 de agosto,

Saiu a lista dos produtos da agricultura familiar com descontos para o mês de agosto

Saiu a lista dos produtos da agricultura familiar com descontos para o mês de agosto 0

Os produtos considerados com bônus são: açaí, babaçu (amêndoa), borracha natural cultivada, castanha de caju,

Redes meteorológicas vão avisar aos produtores quando houver risco de doenças nas lavouras

Redes meteorológicas vão avisar aos produtores quando houver risco de doenças nas lavouras 0

Com isso, os agricultores terão informação para decidir quando e quanto investir em medidas para

As principais pragas que atacam as plantações de soja no Nordeste

As principais pragas que atacam as plantações de soja no Nordeste 0

A região oeste da Bahia abrange 32 municípios, entre eles Barreiras e Luís Eduardo Magalhães,

Sementes de alface mais resistente ao calor

Sementes de alface mais resistente ao calor 0

São duas novas cultivares de alface que possuem mecanismos diferentes para burlar o calor e

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE