Nordeste Rural | Homepage
/

A tilápia pode oferecer produtos derivados

🕔11.mar 2015

tilápiaA produção de derivados aumenta a vida útil do produto, oferecendo novas alternativas para a comercialização da tilápia. Produto perecível, o pescado precisa ser congelado ou refrigerado para  ser comercializado. “Se você o coloca na forma enlatada, consegue que esse produto  atinja todas as regiões do país sem precisar de uma cadeia de frio”, explica  a pesquisadora Angela Furtado, da Embrapa Agroindústria de Alimentos.

Sendo assim, a tilápia pode representar uma boa oportunidade  para os negócios: o pescado pode dar origem a derivados, como patês e conservas, que apresentam maior facilidade de conservação, transporte e armazenamento. A tilápia é um alimento com baixo teor de gordura, rico em vitaminas A, D e B, e é fonte de proteínas e minerais como o cálcio e o ferro. Além de ser ótima para o consumo por fazer bem à saúde.

A produção de patês é feita através do processo de filetagem da tilápia, no qual se retira a carne aderida à pele e às espinhas, que não seria utilizada.  Mecanicamente separada, essa carne pode ser usada na produção de vários produtos, como por exemplo, o patê . E para produzir a conserva da tilápia, o filé é cortado em cubos e acrescido de  um liquído de cobertura, que pode ser o óleo de canola, temperado com sal ou tempeiro de peixe.

Um teste foi realizado na própria Embrapa Agroindústria de Alimentos, onde a maioria dos consumidores aprovaram tanto o patê quanto o filé de tilápia em conserva. Devido ao ótimo resultado, outros estudos estão sendo realizados para saber quanto seria necessário para investir em uma indústria para a produção destes alimentos.

Similar Articles

Duas sementes de mandioca adaptadas para o nordeste e principalmente a região do recôncavo baiano

Duas sementes de mandioca adaptadas para o nordeste e principalmente a região do recôncavo baiano 0

A recomendação dos pesquisadores da Embrapa é para o uso de duas variedades de mandioca

A falta de cuidado contra o ataque de vermes prejudica a pecuária brasileira

A falta de cuidado contra o ataque de vermes prejudica a pecuária brasileira 0

A presença de vermes (nematoides) gastrointestinais nos rebanhos de corte e leite pode trazer uma

Alerta aos agricultores contra o ataque do mofo-branco e a antracnose na lavoura de feijão

Alerta aos agricultores contra o ataque do mofo-branco e a antracnose na lavoura de feijão 0

O mofo-branco é uma das principais doenças da cultura do feijão e pode causar perdas

Nova pesquisa assegura: sombra no pasto não favorece o aumento da verminose no rebanho de corte

Nova pesquisa assegura: sombra no pasto não favorece o aumento da verminose no rebanho de corte 0

A incidência de verminoses em gado de corte em sistema silvipastoril (pecuária-floresta) não é maior

Especialistas brasileiros se preparam para bloquear a entrada de vinte pragas que prejudicam as lavouras

Especialistas brasileiros se preparam para bloquear a entrada de vinte pragas que prejudicam as lavouras 0

O bloqueio a vinte pragas consideradas prioritárias pelos prejuízos econômicos que podem causar, já começou

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE