Nordeste Rural | Homepage

A importância do processo de domesticação do feijão desde a planta selvagem até agora

🕔16.jun 2017

feijão - perfil no chãoA domesticação das plantas pode ser encarada como um marco importante na história da humanidade, contudo, esse processo acarretou uma evidente redução no padrão de diversidade genética de espécies de culturas melhoradas, em comparação a seus ancestrais selvagens.

A forma como a diversidade genética reduzida afetou as relações de plantas e microrganismos no solo só recentemente vem sendo desvendada e é sobre essas questões que se dedicaram os pesquisadores, que trabalham na fronteira do conhecimento científico, buscando entender com mais clareza esse processo.

As investigações nesse estudo permeiam a relação genética, os traços fenotípicos da raiz e a composição da comunidade de rizobactérias de exemplares selvagens e modernos de feijão cultivados em solo agrícola nos Andes colombianos, reconhecido centro de diversidade de feijão comum.

Na trajetória de domesticação do feijão, ou seja, no caminho percorrido entre o estado selvagem para o moderno, os resultados apontados evidenciaram uma diminuição gradual da abundância relativa de Bacteroidetes, principalmente Chitinophagaceae e Cytophagaceae.

Conforme ressaltou Rodrigo Mendes, o estudo do microbioma de plantas é extremamente importante, já que essas informações poderão auxiliar na manipulação dessas comunidades, visando a melhorar o desempenho das plantas, seja quando atacadas por patógenos ou até mesmo para incrementar a produtividade agrícola de modo sustentável. “Assim como em humanos, as plantas dependem de seu microbioma para diversas funções, como por exemplo, defesa contra patógenos ou nutrição, assumindo que o processo de domesticação minou a interação entre o microbioma e seu hospedeiro, a busca pelos “microrganismos perdidos” é um meio de resgatar funções do microbioma que foram negligenciadas ao longo do processo de domesticação das plantas cultivadas,” explicou Mendes.

 

 

Similar Articles

Organização Mundial de Saúde Animal deve reconhecer o Brasil livre de aftosa com vacina

Organização Mundial de Saúde Animal deve reconhecer o Brasil livre de aftosa com vacina 0

O Comitê Científico da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) recomendou que o Brasil seja

Começa a fiscalização para venda do pescado na Semana Santa

Começa a fiscalização para venda do pescado na Semana Santa 0

O trabalho dos fiscais tem a orientação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e

Árvore na janela

Árvore na janela 0

A imagem inédita se repetiu. Mais uma árvore crescendo em lugar inapropriado. Desta vez foi

Adubo verde in natura com aproveitamento de uma leguminosa do cerrado

Adubo verde in natura com aproveitamento de uma leguminosa do cerrado 0

A camaratuba – cratylia argente – tem como uma de suas características a fixação biológica

Atenção para os donos de granjas de avicultura

Atenção para os donos de granjas de avicultura 0

Para facilitar o controle sanitário das granjas de todo o Brasil, o Ministério da Agricultura,

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE