Nordeste Rural | Homepage
/

A importância da produção do feijão de corda no nordeste e o custo da máquina para debulhar

0 Comments 🕔10.ago 2017

feijão de cordaDe origem africana, o feijão-caupi aportou no Brasil na segunda metade do século XVI, no Estado da Bahia, então centro administrativo do País, pelas mãos dos colonizadores portugueses. De lá, o produto foi levado para os outros estados nordestinos, onde conquistou espaço na agricultura e na mesa dos sertanejos

O pesquisador Francisco Freire Filho lembra que o feijão-caupi, feijão-de-corda ou feijão macassar (Vigna unguiculata), como é conhecido principalmente pelos nordestinos, continua sendo uma das mais importantes fontes de proteínas nas regiões tropicais e subtropicais no mundo. No Nordeste brasileiro, ele é estratégico na segurança alimentar e vem gerando emprego e renda.

A cultura também tem ganhado força e destaque na produção agrícola das regiões Norte e Centro-Oeste do País. O Mato Grosso é o estado que vem liderando nos últimos anos a produção de feijão-caupi. Em 2015, por exemplo, segundo o Levantamento Sistemático de Produção Agrícola do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foram produzidas 230.897 toneladas, numa área colhida de 224.683 mil hectares.

Para valorizar a produção e a oferta no mercado, os pesquisadores da Embrapa criaram uma máquina para debulhar o feijão de corda e agilizar a colocação do produto no mercado. Ela foi criada para ser usada em feiras livres. É uma máquina simples, de fácil construção e de baixo custo. Se produzida por unidade, em Teresina (PI), seu custo fica em cerca de R$ 800,00, ou mais. Se a produção for em série de pelo menos dez, o preço diminui para R$ 500,00 ou até menos do que isso, de acordo com o pesquisador César Nogueira.

 

Similar Articles

Produção de algodão na Bahia vai crescer 30% este ano

Produção de algodão na Bahia vai crescer 30% este ano 0

Isso deve acontecer por conta das chuvas bem distribuídas no estado da Bahia e que

Uma curiosa iniciativa: hortas orgânicas nos telhados do Principado de Mônaco

Uma curiosa iniciativa: hortas orgânicas nos telhados do Principado de Mônaco 0

Foto Pinterest A primeira horta orgânica foi criada nos jardins da Fundação Albert II. Em

Tocantins terá uma superprodução de pequi

Tocantins terá uma superprodução de pequi 0

Os produtores de pequi de Tocantins têm um ótimo motivo para comemorar. Devido aos bons

Abertas vagas para contratação de 300 veterinários

Abertas vagas para contratação de 300 veterinários 0

As Inscrições, para os interessados, começam nesta segunda-feira (14). Os inscritos vão fazer prova de

Sertão de Pernambuco ganha Centro de reprodução de caprinos e ovinos

Sertão de Pernambuco ganha Centro de reprodução de caprinos e ovinos 0

O objetivo é promover práticas reprodutivas eficientes e melhoria genética do rebanho no sertão em

No Comments

No Comments Yet!

No one have left a comment for this post yet!

Write a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *