Nordeste Rural | Homepage
Advertisement

A falta de ração por causa da greve dos caminhoneiros pode provocar mortandade de aves e suínos

🕔27.mai 2018

aviário com frangoO alerta é da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) que diz que mais de 1 bilhão de aves e 20 milhões de suínos poderão morrer nos próximos dias devido à falta de ração no campo. O acordo consolidado ontem entre Governo Federal e caminhoneiros ainda não surtiu efeito nas estradas.  Caminhões com carga viva não são autorizados a transitar.  A situação mais grave está no trânsito de ração, que está sendo impedido.

Em diversos locais já há falta de insumos e animais estão sem alimentação.  Aqueles que ainda contam com estoques, estão fracionando para prolongar ao máximo a oferta do alimento. A mortandade de animais é iminente e há risco de canibalização.  Os reflexos sociais, ambientais e econômicos são imponderáveis.

A situação atual, segundo a ABPA é de que 152 plantas frigoríficas de aves e suínos estão paradas.  Mais de 220 mil trabalhadores estão com atividades suspensas. A situação setorial é caótica.  Empresas poderão fechar pelos prejuízos causados pela paralisação. Segundo a ABPA, uma intervenção rápida e forte por parte do governo é urgente para evitar a mortandade de milhões de animais.

 

Similar Articles

Cama de galinha usada como adubo pode ser responsável pela proliferação da mosca dos estábulos em Pernambuco

Cama de galinha usada como adubo pode ser responsável pela proliferação da mosca dos estábulos em Pernambuco 0

É o que apostam alguns produtores e especialistas quando analisam o constante crescimento da mosca

Agropecuária sustentável ajuda o Brasil reduzir emissão de gases de efeito estufa

Agropecuária sustentável ajuda o Brasil reduzir emissão de gases de efeito estufa 0

O Brasil tem dados que asseguram que o país está cumprindo os compromissos da 15ª

Uma cultivar de arroz própria para cultivo em vários estados do nordeste

Uma cultivar de arroz própria para cultivo em vários estados do nordeste 0

É o arroz vermelho desenvolvida, pela primeira vez, no Brasil através dos pesquisadores da Embrapa.

Produtor perde menos usando suplementos granulados na dieta bovina

Produtor perde menos usando suplementos granulados na dieta bovina 0

Em um trabalho de pesquisa, cientistas da Embrapa Gado de Corte (MS) testaram alternativas para

Mudam as regras para produção de leite aos fornecedores das indústrias credenciadas pelo governo

Mudam as regras para produção de leite aos fornecedores das indústrias credenciadas pelo governo 0

As mudanças foram publicadas no Diário Oficial da União, nas Instruções Normativas (INs) 76 e

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE