Nordeste Rural | Homepage
Advertisement
[ X ]

A boa criação de galinhas caipiras exige cuidados especiais

🕔27.fev 2015

galinha_caipiraOs principais procedimentos sanitários exigem uma limpeza mais detalhada das instalações; estar atento à prevenção de doenças seguindo o calendário de aplicação de vacinas; além de   cuidados constantes com a qualidade da comida e da água fornecida aos animais e com a destinação de seus excrementos.  As práticas sanitárias no manejo de galinhas caipiras são procedimentos que proporcionam saúde e bem-estar aos animais e seus criadores.

O pesquisador do convênio da Embrapa Meio-Norte com a Universidade Estadual do Piauí, Firmino Barbosa explica que a adoção dessas práticas não implica em maiores gastos, além de contribuir para a melhoria da qualidade da carne e dos produtos derivados, valorizando-os perante o mercado consumidor.

Para garantir condições sanitárias adequadas às galinhas caipiras, inicialmente, deve-se manter o ambiente de criação o mais limpo possível, providenciando higienizações sistemáticas das instalações e dos equipamentos, como bebedouros, comedouros e ninhos. Deve-se também buscar cumprir um calendário para cobertura vacinal, controlando as principais doenças viróticas, como a doença de Newcastle, Gumboro, Bronquite Infecciosa e a Bouba Aviária.

O criador deve ainda estar atento para surtos epidêmicos e pandêmicos como da Influenza Aviária, a gripe do frango. Outro calendário que deve ser estabelecido é o de controle a ecto e endoparasitas para que seja diminuída a carga de carrapatos, piolhos e vermes nas aves.

Outro cuidado é quanto à qualidade da comida e da água servidas às aves, que não podem estar sujas ou contaminadas. Para isso, a limpeza dos comedouros e dos bebedouros precisa ser feita diariamente. A destinação de resíduos, excrementos e carcaças de animais mortos também merece atenção.

Como alerta o pesquisador, a falta de cuidados sanitários na criação de aves pode trazer problemas. “Agentes de defesa animal vinculados ao município, estado ou união e o serviço de vigilância sanitária são os responsáveis pela fiscalização. Uma vez verificadas infrações graves na forma de criar as aves, esses agentes podem chegar a interditar algumas criações e sacrificar todos os animais”, explica.

Similar Articles

Um livro grátis para ensinar o produtor a controlar o ataque de plantas daninhas sem usar agroquímicos

Um livro grátis para ensinar o produtor a controlar o ataque de plantas daninhas sem usar agroquímicos 0

“Controle de plantas daninhas: métodos físico, mecânico, cultural, biológico e alelopatia” é o título do

Alagoas vai ganhar novas barragens subterrâneas para melhorar o sustento do agricultor

Alagoas vai ganhar novas barragens subterrâneas para melhorar o sustento do agricultor 0

O Semiárido brasileiro abrange nove estados, entre eles Alagoas. O grande problema, segundo estudos da

Feira Livre – Alugue: agora é para entrar no arrasta-pé do São João no friozinho de Gravatá.

Feira Livre – Alugue: agora é para entrar no arrasta-pé do São João no friozinho de Gravatá. 0

Oportunidade: alugo para fins de semana ou temporada -  apartamento tipo flat no edifício Gravatá, com

Empresas do agronegócio convocadas a participar do programa Selo de Integridade do Ministério da Agricultura

Empresas do agronegócio convocadas a participar do programa Selo de Integridade do Ministério da Agricultura 0

O selo é um prêmio de reconhecimento concedido pelo ministério a empresas e cooperativas do

Receita – Semifreddo de café e pistache

Receita – Semifreddo de café e pistache 0

INGREDIENTES: 4 ovos 120g + 1 colher (sopa) de açúcar 80ml de café coado forte 80g de pistache cru

CITEquin - Hospital do Cavalo, Paudalho-PE